Brasileiro é convidado para integrar conselho mundial da Pizza Hut

Responsável por mais de 30 unidades da rede, Jorge Aguirre é o maior franqueado da Pizza Hut no Brasil

0

Em setembro, Jorge Aguirre foi convidado, entre mais de 800 franqueados, a fazer parte do conselho mundial da Pizza Hut. A rede (que pertence ao grupo Yum! Brands) tem mais de 13 mil restaurantes em 88 países.

pizza

Na Grande São Paulo, Aguirre administra 36 unidades. Segundo ele, “isso é uma prova de confiança da marca no potencial de crescimento do Brasil e de reconhecimento do trabalho”.

Aguirre começou como executivo da rede, na década de 1990, mas se afastou para trabalhar em outro assunto, retornando em 1999, quando surgiu uma oportunidade para que ele fosse franqueado da Pizza Hut. Na época, a Yum! Brands contava com 16 unidades na região e repassou as lojas para o comando do empresário.

“Era uma operação própria e eles fizeram o que a gente chama de refranquear. Foi então que assumimos aquele número de restaurantes como franqueados”, conta.

Todas as 36 lojas são administradas pela empresa de Aguirre, a Internacional Restaurantes do Brasil (IBR), que é a maior operadora da Pizza Hut no país com mais de 50% das vendas anuais da marca por aqui.

Não existem subfranqueados, apenas gerentes que cuidam do cotidiano da operação. “Nós procuramos fazer com que cada gerente de loja atue com um senso de propriedade bastante grande, como se ele fosse o franqueado. Nós temos um sistema de participação no resultado, que dá a ele a possibilidade de formar a própria remuneração”, explica o empresário.

O resultado se comprova nos números. Neste ano, a IRB deve faturar R$ 160 milhões e abrir mais seis novos restaurantes. A empresa, que tem 1,5 mil funcionários, estima que 15 milhões de clientes são atendidos ao ano. Para muitos especialistas em franquias, seguir os passos de Aguirre é o caminho mais rentável no mercado. Com muitas unidades de uma mesma franquia, o empreendedor ganha escala e consegue multiplicar o lucro mais rápido.

Um dos segredos de ser um mega franqueado é escolher uma marca de confiança e, a partir da escolha, dedicar-se muito ao negócio. “É hora de mergulhar de cabeça, investir, apostando na escala do crescimento, mas um crescimento bem organizado e baseado fundamentalmente na formação de equipe”, explica.

Por fim, para Aguirre, “o mais difícil e o segredo do negócio é ter uma boa equipe, uma equipe capaz de se multiplicar”, conclui.

Fonte: Exame.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × quatro =