Aqui estão elas: as queijarias

0
Aqui estão elas: as queijarias
Aqui estão elas: as queijarias

Estabelecimentos especializados na venda de queijos atendem e agradam consumidores que buscam um produto diferenciado e mais artesanal

O queijo é sucesso no Brasil, e os números relacionados ao alimento só se expandem no país. Em 2019, o consumo brasileiro do produto foi de 1,12 milhão de toneladas. Em 2020, cresceu 1,9% em relação ao ano anterior. Já em 2021, houve incremento de 2%.
Trufado, burrata, parmesão, canastra, de búfala…

A La Queijaria, localizada em Belo Horizonte (MG), é um exemplo de estabelecimento que tem tido bons resultados com o produto.

Aqui estão elas: as queijarias
A Queijuz, também situada na capital paulista, tem como foco os queijos artesanais brasileiros e outros produtos que se relacionam entre si

“Gostamos de passar aos nossos clientes a versatilidade dos queijos na culinária com, por exemplo, um queijo trufado de tomate seco que pode virar um recheio de uma batata cozida ou de uma massa folhada e uma burrata que pode servir como acompanhamento para uma massa ou pizza. Assim, nos preocupamos em atender uma variedade de queijos e de possibilidades. Nossos queijos trufados são recheados com tomate seco, azeitona, damasco com avelã, entre outros ingredientes. Nosso parmesão vem em quatro sabores: tradicional, orégano, pimenta e ao vinho. Temos, ainda, queijos mais clássicos como o trancinha e o canastra, curado ou não. Nessa toada, adicionamos ao nosso cardápio o queijo de búfala e a burrata, que é nosso campeão de vendas. Além de diversos outros tipos do produto de várias regiões de Minas Gerais”, apresenta Carla Farah, proprietária da La Queijaria.

A empresária percebeu que o queijo é um alimento que agrada a um grande número de pessoas e que combina com a maioria dos pratos. Além disso, o queijo é um alimento que cabe na maioria das dietas e está presente em todas as ocasiões. “Assim, surgiu a ideia de um cardápio baseado em queijos tradicionais e diferenciados aqui na La Queijaria”, diz ela.

A loja online de Carla Farah está sempre movimentada. “Os grandes apreciadores de queijos e pessoas que recebem convidados em casa buscam queijos mais sofisticados e diferentes que apenas lojas especializadas ofertam”, relata ela. “Estabelecimentos especializados nesse produto, como o nosso, vendem grande variedade de opções e que são especificamente utilizados para cada ocasião. Além disso, recebemos o produto diretamente do fabricante e entregamos aos clientes, então o produto chega fresco e saboroso”, afirma.

Produto que gera clientes fiéis que se tornam amigos

A Mestre Queijeiro, localizada em São Paulo, capital, é uma loja especializada em queijos artesanais de pequenos produtores ou laticínios que conservam a forma artesanal de fazer queijo.

Mônica de Castro Resende, proprietária da Mestre Queijeiro, afirma que a empresa tenta manter sempre queijos dos quatro tipos de leite: cabra, ovelha, búfala e vaca.

Aqui estão elas: as queijarias
A La Queijaria, localizada em Belo Horizonte (MG), é um exemplo de estabelecimento que tem tido bons resultados com o produto

“Trabalhamos, em média, com 60 tipos de queijos que variam de acordo com a disponibilidade dos produtores para atender o maior número de clientes. Temos desde queijos leves, em que se sente quase que o gosto do leite fresco, até queijos de personalidade única, onde características como o terroir, o tipo de leite, a alimentação do animal se sobressaem na maturação do queijo. Sempre tentamos trazer novidades, mas a dificuldade que os produtores têm de conseguir as licenças sanitárias nos impede de trazer muitas opções novas para a loja”, diz ela.

A cada dia, a queijaria recebe mais e mais clientes novos. Segundo Mônica Resende, alguns se tornam assíduos e frequentam toda semana. “Já os conhecemos até pelas preferências; se tornam amigos e essa é a uma das coisas boas de uma loja pequena e de nicho específico”, afirma. “Aqui nosso estoque é bem pequeno e constantemente renovado, nos especializamos e estudamos sempre para tirar as dúvidas dos nossos clientes. Isso traz segurança na compra”, destaca ela.

150 tipos de queijos

A Queijuz, também situada na capital paulista, fundada em abril de 2019, tem como foco os queijos artesanais brasileiros e alguns outros produtos que se relacionam entre si.

“Trabalhamos com queijos nacionais. Não temos restrições de tipos ou lugares. Temos queijos desde o Pará, como o de búfala da Ilha do Marajó, como o Serrano do Rio Grande do Sul. Temos uma média de 150 tipos de queijos. Além disso, montamos e entregamos tábuas e cestas personalizadas e realizamos eventos de degustações”, apresenta Letícia Vilas Boas, proprietária da Queijuz.

A proposta da Queijuz é, primeiramente, segundo a proprietária, que a loja acolha as pessoas e que elas se sintam em um ambiente aconchegante.

“Gostamos de atender sem pressa cada cliente, sempre com muita conversa e troca de informações. É muito importante que as pessoas entendam que o queijo é um alimento em constante transformação, que conheçam esse processo, para que possam entender essa transformação em suas próprias casas. Todas as pessoas que conhecem a loja ficam fascinadas e surpreendidas com a diversidade e qualidade dos queijos que temos no Brasil. O diferencial em sabor e qualidade faz com que voltem e se tornem clientes fiéis”, destaca ela.


LA QUEIJARIA
Instagram: @la_queijaria
MESTRE QUEIJEIRO
Instagram: @mestrequeijeiro
QUEIJUZ
Instagram: @queijuz

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

20 − dezenove =