Ano novo, conhecimento novo

0

As atividades relacionadas ao food service, principalmente as de restauração e de negócios em alimentação, foram durante muitos anos desenvolvidas apenas com base na intuição e na experiência decorrente do processo de erros e acertos.
Com o passar dos anos e o crescimento do mercado, começou a surgir a necessidade de profissionalização e de conhecimento técnico específico por parte dos proprietários, empresários e profissionais da área.
Parcela importante do conhecimento instalado no mercado foi desembarcada pelas grandes redes de alimentação, hotelaria e pela indústria de alimentos.
Outra parcela foi construída com cursos técnicos criados por instituições de ensino e que inicialmente eram relacionados apenas às atividades de cozinha e serviço.
Atualmente, o mercado conta com cursos que variam de técnicas básicas de cozinha à especialização em gestão de negócios em alimentação.
As indústrias passaram a investir mais no segmento, e a globalização e a Internet tornaram a informação e o “know how” mais acessíveis a todos.
Feiras e eventos preenchem o calendário com opções para todos os gostos e bolsos.
Apesar disso, o cenário que temos é do entendimento predominante de que para atuar no segmento basta ter experiência, ou de que o que foi aprendido há 30 anos com os pioneiros da profissionalização do segmento no país pode ser utilizado até os dias de hoje.
O food service demanda estudo, atualização e pesquisa, assim como qualquer outra área profissional.
Um médico que não estuda ou se atualiza, em apenas três anos deixa de ser tecnicamente competitivo. O mesmo se aplica a advogados, engenheiros, pilotos de avião e a qualquer outro profissional, independentemente da área em que atua, variando apenas o prazo de expiração ou “shelf life”.
Uma breve pesquisa sobre outros mercados na Internet ou nas redes sociais que fogem ao universo em que está acostumado a viver lhe mostrarão o quanto estamos carentes de renovação e inovação quando comparados aos mercados mais desenvolvidos. Verá como o mundo no food service já está caminhando em novas direções.
Muitos alegarão que para inovar ou renovar é preciso investimento. Mas, na verdade, muitas vezes o recurso existe, só que tem sido aplicado de forma repetitiva, ultrapassada e com retrocesso.
Uma boa resolução para 2019 é estudar.
Além de melhores resultados, estaremos valorizando o segmento e a profissão.
Pense nisso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × 3 =