Ambev deseja reduzir gastos com transportes

Em ação compartilhada, a empresa prevê reduzir até 30 %

0

A Ambev prevê redução de 30 % dos gastos relativos ao transporte , em relação ao ano passado. A empresa, maior fabricante de cerveja no Brasil, deve compartilhar a frota com mais oito empresas. O esquema de transporte, em que ocorre troca de caminhões e cabotagem, o fazem mais econômico.

A lista das parcerias, que incluem gigantes como a Unilever, Pepsico e BRF, faz ligação com quinze estados brasileiros. De acordo com Pablo Vieira, diretor de logística da Ambev, em entrevista para a Valor, a Ambev está negociando acordo com mais três empresas e que até o final do ano poderá fechar novas parcerias.

A economia para a Ambev, em relação ao compartilhamento de carga, é de 6 milhões de litros de óleo diesel. Segundo Vieira, a economia de 20% nos custos de distribuição não se deve apenas ao compartilhamento de carga, mas também a uma reorganização de logística da empresa e ao aumento de distribuição por cabotagem.”As rotas de distribuição não são fixas. O volume de produção de cada fábrica muda de acordo com a demanda regional e isso traz impacto também na distribuição. A meta é tornar a distribuição cada vez mais inteligente, de modo que o aumento da distribuição não necessariamente exija um número maior de viagens da frota”, finalizou o presidente da empresa.

A Ambev teve no primeiro semestre desse ano um aumento de 17,1% sobre o custo de produtos vendidos (CPV), esse número impactou na lucratividade da Ambev. Nesse mesmo semestre a empresa teve uma queda de 1,6 ponto percentual na margem de lucro. O lucro líquido crescer 12,3 % no período.

Fonte Valor Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

14 − dois =