Água de coco e chá pronto são tendências

0

O mercado de águas de coco e chás só tem crescido. De acordo com a Consultoria Euromonitor Internacional, em 2015 as vendas de água de coco cresceram 11,1% no país em volume, vendendo 171 milhões de litros. Enquanto isso, as vendas de chás cresceram 8,2% nesse período, com venda de 189,5 litros.

Juntos, o mercado de água de coco e chás receberam um aumento de 94 milhões de litros de venda no Brasil. O volume de vendas ainda não chega a 10% do segmento de refrigerantes, que chegou a 968 milhões de litros no último ano.

Os fabricantes desses produtos acreditam que o mercado terá expansão, principalmente as bebidas poucas calóricas. A maior fabricante de chás prontos é a Coca-Cola Femsa, com 47,4% de participação no mercado, onde as vendas da marca Leão tiveram aumento de 22%.

Para o diretor da Coca-Cola Femsa, Dorian Cruz Guerra, a expectativa é que as vendas cresçam 20% neste ano. “A categoria de chás está em franca expansão. As inovações associadas à garantia de qualidade e a uma marca centenária são grandes diferenciais para a companhia”, explica.

A segunda colocada no mercado de chás é a Nesté, com a marca Nestea, que responde por 22,2% do mercado atual. Já a terceira marca é a Wow Nutrition, da marca “Feel Good”, que teve impulso pelo chá-verde. “Há poucos anos, havia o paradigma de que chá-verde era para consumidores sofisticados. Agora se nota um aumento do consumo nas classes B e C”, conta Ricardo Machado, vice-presidente de operações da Wow.

O principal público desses produtos saudáveis são jovens, de 21 a 34 anos. O analista de mercado do Nielsen, Lucas Bellacasa, analisou que produtos considerados supérfluos têm crescimento de 9,1% por ano, mas para esse grupo de pessoas tem crescimento de 12,1%.

Fonte: Valor Econômico

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

7 − 2 =