Agropalma lança Relatório de Sustentabilidade de 2013

O documento descreve tanto o desempenho e ações do passado da empresa, como os seus planos e visão de futuro

0

A Agropalma apresentou o seu primeiro Relatório de Sustentabilidade, líder na produção do óleo de palma na América Latina e conhecida no mercado por investir fortemente nas práticas sustentáveis em sua cadeia produtiva e na responsabilidade socioambiental, com certificações nacionais e internacionais.

Correspondente a 2013, a publicação traz informações sobre o trabalho desenvolvido na Amazônia brasileira, onde a empresa atua há mais de 30 anos. O principal objetivo, segundo explica, é comunicar suas atividades aos mais diversos públicos de interesse, com objetividade e transparência, em um panorama de desafios e conquistas.

Ainda de acordo com a Agropalma, o documento reforça a preocupação da empresa em oferecer produtos completamente desenvolvidos sob os mais rígidos pilares sustentáveis, preservando o meio ambiente, e ainda obedece às diretrizes e aos critérios da Global Reporting Initiative (GRI), entidade internacional especializada, referência no setor.

“Entre as principais ações da Agropalma nos últimos anos, vale destacar que ela foi a primeira empresa brasileira a participar da Mesa Redonda para Produção de Óleo de Palma Sustentável (RSPO), em 2004, e a obter a certificação RSPO, em 2011. Além disso, conquistou o primeiro lugar no Ranking de Melhores Produtores de Óleo de Palma do Greenpeace, uma das principais ONGs ambientalistas, em 2012, e neste ano finalizou o processo de certificação de toda a produção de fornecimento externo de frutos, que permitirá o abastecimento de 100% de óleo de palma sustentável, segregado e rastreável, aos clientes nacionais e internacionais. Outro aspecto relevante é seu papel de liderança na proteção da Amazônia por meio da implementação do monitoramento da biodiversidade nas áreas de produção, proporcionando que suas plantações de palma tenham um papel fundamental na manutenção de espécies relevantes da fauna”, explica Marcello Brito, diretor comercial e de sustentabilidade da Agropalma.

O relatório aponta ainda outras conquistas da empresa, como 64.000 hectares de reserva florestal, 6,6% de produção orgânica e de comércio justo, 100% das propriedades certificadas pela RSPO, em 2011 e o emprego de 240 pequenos agricultores rurais, além dos cinco mil funcionários diretos.

Com o Relatório de Sustentabilidade o público terá acesso ao panorama geral da empresa, que contempla operações, produção, visão, princípios e valores, metas, governança corporativa e estrutura organizacional, bem como detalhes sobre gestão e governança da sustentabilidade, engajamento de stakeholders, contexto de sustentabilidade, cerificações, combate à corrupção, integridade, responsabilidade ambiental (biodiversidade, fauna e flora, adaptações para mudanças climáticas, inovações e boas práticas agrícolas, manejo, mecanização e material genético, gestão de recursos hídricos) e responsabilidade social (relação com as comunidades, agricultores familiares e produtores integrados, pessoas).

O Relatório de Sustentabilidade 2013 da Agropalma está disponível no site da empresa, nas versões em inglês e português, e pode ser acessado diretamente pelo link.

sustentabilidade

Fonte: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × dois =