Agricultores receberão bônus por produzirem certos itens

0

O Diário Oficial da União (DOU) anunciou lista de itens que irá gerar, para os agricultores que os produzem, desconto em financiamentos do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF). Essa bonificação, calculada mensalmente pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), garante abatimento em parcelas de financiamentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura familiar (PRONAF) no período de 10 de março a 9 de abril.

As lavouras beneficiadas são aquelas que, em fevereiro, tiveram preço de mercado abaixo do mínimo em algumas regiões do país: babaçu (amêndoa), batata, cacau (amêndoa), cará/inhame, cebola, leite, raiz de mandioca, tomate, trigo e triticale. O maior bônus foi concedido ao cará/inhame no Amazonas (56%), seguido da batata, em Santa Catarina (53%). O bônus para a batata também foi dado para o Distrito Federal (24%) e Minas Gerais (19%). Outros destaques foram o babaçu (amêndoa) no Pará (51%), Tocantins (41%), Ceará (15%), Maranhão (46%) e Piauí (33%) e a cebola, no Rio Grande do Sul (40%), Santa Catarina (20%) e no Paraná (2%).

A Conab faz um levantamento da cotação dos produtos da agricultura familiar que integram a PGPAF todo mês e aquelas plantações que tiveram preço de mercado abaixo do mínimo estabelecido pelo governo federal recebem o bônus para abatimento em parcelas do Pronaf.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × 1 =