Afinal, o que é o Kombucha?

0
Kombucha

Consumo da bebida se intensificou nos últimos tempos

Você já ouviu falar do Kombucha? Essa bebida segue a linha dos alimentos fermentados e medicinais, assim como o queridinho Kefir. Com preparo natural, a bebida vem da planta Camellia Sinensis, fermentada por leveduras e bactérias saudáveis, juntamente com o chá preto, e pode ser saborizada com diversos ingredientes, além de estar se popularizando em drinks.

Bebida do futuro

Afinal, o que é o Kombucha?
“A população de maneira geral está muito ligada nas novidades do mercado”, diz Ricardo P. Mayrink, sócio co-fundador da K-Häppy Kombucha

Diante do sucesso crescente do produto, empresas têm passado a trabalhar com o chá, oferecendo diversas opções de sabores e receitas. Ricardo P. Mayrink, sócio co-fundador da K-Häppy Kombucha, afirma que a população está mais preocupada com uma alimentação saudável e que tem estado atenta às opções de produtos que oferecem isso no mercado.

“A população de maneira geral está muito ligada nas novidades do mercado. A lógica por trás de uma alimentação mais saudável é o maior motor guiando a todos para buscarem qualidade em tudo que ingerem. Antes não tínhamos uma opção verdadeiramente natural, saborosa sem conservantes, açúcar e sódio, e a K-Häppy veio com o intuito de entregar todas estas qualidades. Sempre associada a momentos de bem-estar em geral: prática de atividades físicas, momento de foco e até drink com os amigos, a K-Häppy tem uma alta drinkabilidade, além de todos os benefícios que a transformam na bebida do futuro: antioxidante, probiótica, leve e refrescante”, diz.

Ricardo reforça a importância de trazer inovações para o consumidor. “O amor pelo produto e pelo estilo de vida saudável nos move o tempo todo. Acreditamos muito em deixar nossas K-Häppys extraordinárias, surpreendendo o público com tudo o que vemos de novidades tanto nos EUA (onde temos um centro de pesquisa com a Nova Kombucha) e no Brasil (usando a brasilidade e tropicalidade de frutas e chás). Começamos com sabores essenciais e extremamente familiares ao público brasileiro. Posteriormente, criamos sabores diferentes como a POWER, com guaranina como um energético natural, e a JoyBoost com pimenta caiena, tangerina, beterraba e glutamina. Lançamos também uma linha exclusiva com a rede Verdemar, onde a base de todas essas K-Häppys são chás da conceituada casa Christine Dattner, da França. Mais recentemente, a Jabutiberry, elaborada com a mineiríssima jabuticaba. Temos muitas novidades saindo este ano, sempre com um objetivo em mente: mudar o hábito das pessoas e fazer com que abandonar os refrigerantes seja cada vez mais fácil e amigável. Levantamos a bandeira de que somos mais que kombucha, K-Häppy é estilo de vida, por isso, a mudança de hábito e a busca por ser sempre mais feliz faz parte de quem é ‘K-Häppyer!’”, afirma.

Mercado e produção

Afinal, o que é o Kombucha?
“Nós sócios enxergamos a guinada do mercado anos atrás acompanhando o hábito de consumo nos Estados Unidos”, afirma Ricardo P. Mayrink, sócio co-fundador da K-Häppy Kombucha

De acordo com o empresário, a equipe de sócios da K-Häppy já vinha monitorando o mercado do exterior e prevendo o “estouro” do Kombucha no Brasil. Segundo ele, houve bastante estudo antes do lançamento dos primeiros produtos.

“Nós sócios enxergamos a guinada do mercado anos atrás acompanhando o hábito de consumo nos Estados Unidos. O fato é que o mercado saudável exige bastante trabalho e dedicação constante! Foram anos de pesquisa até soltarmos nossos primeiros protótipos, elaborando e desenhando uma indústria de grande porte, mas que respeitasse os processos ainda artesanais da fermentação aeróbica das SCOBY (Cultura Simbiotica de Levedura e Bactérias Probióticas – responsáveis pela fermentação). Cada etapa demanda muito carinho por parte de todos os envolvidos, de ponta a ponta, aqui na K-Häppy estamos em constante evolução, aprimorando sempre”, diz.

Mayrink conta sobre o processo de produção e controle de qualidade do Kombucha da K-Häppy.

“Toda a operação inicial da produção da K-Häppy, embora tenha altíssima eficiência e trabalhe com volumes muito grandes, ainda respeita cada etapa do processo milenar de infusão e fermentação do chá. Toda batelada passa por duas fermentações naturais, todos os ingredientes são cuidadosamente selecionados para entregar o melhor produto possível para nossos fãs (assim chamamos quem consome K-Häppy). Além do acompanhamento e rastreabilidade de cada lote que soltamos no mercado, investimos muito em pesquisa e desenvolvimento. Temos equipamentos específicos para medir o teor de álcool de cada lote, junto com calorias, quantidade de CO2 (naturalmente gerado na fermentação). Hoje nossa capacidade de medir cada lote é o que existe de mais sofisticado no mercado. Embora respeitemos todas as maneiras artesanais de se produzir kombucha, a K-Häppy não se pode dar o luxo de entregar um produto com mais álcool que divulgamos, ou fora do nosso rigoroso processo de qualidade. Por isto todo produto que soltamos no mercado já tem seu devido registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)”, afirma.

Popularização

Afinal, o que é o Kombucha?
“A curiosidade por uma bebida tão diferente virou um estilo de vida e profissão”, diz Giselle Caldeira, CEO e engenharia de alimentos da Fit Kom Kombucha

Giselle Caldeira, CEO e engenharia de alimentos da Fit Kom Kombucha, também credita o sucesso do produto à busca dos consumidores por uma alimentação mais saudável, que traz maior qualidade de vida e ajuda a prevenir doenças.
“A Kombucha é uma bebida milenar, mas o fato de cair no gosto popular atualmente se deve à busca por uma alimentação mais saudável. As pessoas a cada dia se conscientizam mais que uma boa alimentação trata de forma preventiva possíveis e futuras doenças, além da melhora na qualidade de vida”, diz.
Apostando na diversidade dos produtos, a Fit Kom também oferece opções de sabores que, de acordo com Giselle, têm chamado a atenção e vêm fazendo sucesso com os consumidores.
“A Fit Kom tem hoje 8 sabores, todos com combinações bem distintas e pensadas de forma a agregar ainda mais benefícios ao chá fermentado já tão rico. O último sabor lançado foi Uva e Lavanda, um sabor inusitado por misturar um sabor tão comum a um aroma conhecido, porém pouco explorado na culinária brasileira. Essa combinação teve uma ótima aceitação, sendo hoje um dos sabores mais vendidos”, ressalta.
Giselle conta sobre as origens da Fit Kom, afirmando que tudo começou com a curiosidade que tinha a respeito da bebida.
“A Fit Kom nasceu da paixão de uma engenheira de alimentos em conhecer e desenvolver novos produtos. Tudo começou sem muita pretensão, produzindo em casa, para a família. Depois, os amigos que provavam pediam e então tomei a decisão de 13 anos como gerente de produção em padarias e outras empresas do ramo alimentício para empreender. A curiosidade por uma bebida tão diferente virou um estilo de vida e profissão. A Fit Kom tem conquistado um espaço significativo no mercado, não só em Belo Horizonte (MG), como no interior de Minas Gerais e também no estado do Rio de Janeiro”, afirma.
Giselle ressalta o cuidado que tem de ser tomado com o produto, visto que sua produção aumenta a cada dia.
“A produção vem crescendo a cada dia, isso requer uma atenção redobrada aos controles para buscar a padronização e garantir a qualidade e segurança do produto. Todo esse acompanhamento é feito por mim, que sou engenheira de alimentos e idealizadora da marca”, destaca.

K-Häppy
khappykombucha.com
Fit Kom
fitkomkombucha.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × cinco =