Acumulando as verdinhas

Demanda por alimentos vegetarianos revela uma ótima oportunidade para as empresas

0

Há uma parcela da população mundial que tem coração mais saudável, são propensos a não fumar, bebem menos álcool, se exercitam mais, tendem a ser mais magros e vivem mais. Todas essas qualidades, e mais alguns benefícios, são atribuições dos vegetarianos, sejam quais forem as categorias que cada um se enquadra (veganos, ovolactovegetarianos, semivegetarianos ou pescovegetarianos). Essas informações, coletadas entre 2002 e 2007, foram descobertas por meio de um estudo feito na Universidade Loma Linda, Califórnia, EUA, com 73.308 pessoas. O grupo de pesquisadores constatou algumas evidências, coadunando com outros trabalhos científicos similares, que esse – ainda – pequeno grupo que optou por recusar consumir carne, vive, em média, seis anos a mais do que a grande maioria que consome. Optar por essa forma de vida, segundo a pesquisa, reduz o surgimento de doenças crônicas, como as cardíacas e o diabetes, proporcionando, assim, uma expectativa de vida melhor e maior. O Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), por meio de um estudo feito em 2012 pelo Target Group Index, constatou que existem 15,2 milhões de brasileiros vegetarianos. As duas cidades com mais adeptos são São Paulo, no topo da lista, com mais de 792 mil pessoas e, em seguida, o Rio de Janeiro, com mais de 630 mil. O dia mundial do “vegetarianismo” é 1º de outubro, mas essa prática é vivida todos os dias pelos vegetarianos que preferem ter um regime alimentar que exclui da dieta todos os tipos de carne, bem como todos os alimentos derivados. O Brasil, por meio de empresas específicas nesse tipo de alimentação, tem se adequado a essa dieta, colocando no mercado produtos de fácil preparo e consumo, tais como enlatados e congelados.

Crescimento

A Mr. Veggy está no mercado desde 2004 com a ideia de oferecer produtos vegetarianos práticos e que sejam aceitos por todos os públicos – não somente aos adeptos dos vegetais. “Com uma linha de produto bastante diversificada, hoje atendemos desde lojas de produtos naturais a lanchonetes e cozinhas industriais”, informa Mariana Falcão, representante da empresa. Ela ainda diz que “o carro-chefe da companhia é o hambúrguer de legumes, mas toda a linha tem uma ótima saída e os produtos com maior crescimento são os salgados integrais. Hoje, toda lanchonete precisa oferecer uma alternativa saudável aos clientes que buscam um lanche leve entre as refeições. A linha de produtos da Mr. Veggy, situada em São Paulo, inclui os semiprontos: hambúrguer (vegetariano, legumes, milho e grão-de-bico), quibe e almôndega, que são muito bem aceitos em restaurantes e buffet e representam alta economia de mão de obra. Os salgados integrais pré-assados, como o pastel de forno – com 7 recheios diferentes – e a esfiha, são muito solicitados por lanchonetes e cafeterias. “Sentimos que a demanda tem crescido muito devido à pressão do público consumidor e nossos clientes costumam tornar-se fiéis pela qualidade e atendimento da Mr. Veggy”, diz. Para garantir a qualidade e sabor dos produtos, são utilizadas matérias-primas selecionadas, tais como a gordura de palma (rica em vitaminas e isenta de gordura trans), sal marinho e soja não-transgênica certificada. “Hoje, atendemos às grandes cozinhas industriais que oferecem um serviço de alimentação saudável às empresas. Nossos principais clientes são bancos, editoras, farmacêuticas, cosméticas e hospitais, que costumam ter público mais exigente. No entanto, temos verificado, pouco a pouco, a adesão de empresas como montadoras e autopeças, que também querem trazer a educação alimentar aos funcionários”, completa.

Diversas opções

Já no Rio de Janeiro, a empresa Congelados da Sônia tem uma linha de alimentos prontos onde se destacam massas italianas, lanches e sobremesas. A nutricionista da empresa, Gabriela Marcelino, relata que o tipo de comida vegetariana congelada é mais comumente encontrado no mercado, sendo, hoje, diversas opções. Ela também dá ênfase aos produtos orgânicos, versões sem glúten e sem lactose, que são apreciados tanto por motivos de conduta e ideologia de vida como por modismo e exigências da saúde. “Podemos encontrar versões congeladas industrializadas de refeições já prontas para o consumo. Entre as opções, destacamos pratos de massas como fusilli à bolonhesa de soja, macarrão integral ao sugo, canelone de abóbora, penne com creme de espinafre e provolone, rondelli de cenoura, passas e ricota com molho branco, rondelli de ricota com espinafre, entre outros. Para os lanches, têm pães sempre nas versões integrais, empadinhas e quiches dos mais variados recheios, muitos produtos de empresas especializadas em comida saudável, muitos dos quais sem glúten na composição”, explica Gabriela. A Congelados da Sônia também dispõe de sobremesas como sorvetes, picolés, doces feitos à base de soja e outros ingredientes funcionais, tortas com frutas, canjica, pudim de claras, entre outros. A nutricionista explica também que o cuidado no armazenamento desses produtos segue a mesma regra para os demais. Deve-se manter no congelador ou freezer até o momento do consumo. Quando quiser consumir, basta colocar no refrigerador por aproximadamente 12 horas. Aquecer no micro-ondas, forno elétrico ou convencional. Em caso de sobra, não congelar novamente. No tipo de comida vegetariana que pode ser congelada, Gabriela esclarece que “algumas saladas e sucos não podem ser congelados, mas existem diversas preparações que aceitam bem o congelamento. É possível congelar produtos como sopas, acompanhamentos como saladas de grãos, preparações com arroz, soja e trigo, mixes de frutas, verduras, legumes e sementes, entre outros”. O consumidor dos produtos dessa empresa tem preferência pelo strogonoff de soja, purê de grão-de-bico, lasanha de berinjela, feijoada vegetariana, fusilli à bolonhesa de soja, sopas detox 1, 2, 3 e 4.

Satisfação dos clientes

“A área de food service da BRF está sempre próxima dos clientes para entender suas reais necessidades e criar soluções customizadas. Para isso, possui uma equipe dedicada de vendedores capacitados, com suporte de um time de mais de 15 chefs consultores em diferentes áreas do mercado de food service. Somam-se a esses esforços um portfólio com mais de 170 itens, entre eles alguns que se encaixam perfeitamente com estabelecimentos dedicados aos vegetarianos”, apresenta a gerente de Marketing, Marcia Pozzi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze − 3 =