A união faz o mercado

0

O casamento é uma das datas mais esperadas na vida de várias pessoas e, atualmente, muitos deles são transformados em eventos de grandes investimentos financeiros. O bolo de casamento é um dos produtos mais importantes da festa e ganha contornos especiais, além de diversos ingredientes que fazem dele um elemento lucrativo para a área de alimentação fora do lar.
A criatividade e a experiência são alguns dos pontos importantes para que os profissionais consigam conquistar e fidelizar consumidores.

Por dentro do bolo

A Cargill, de acordo com Clarisse Barreto, gerente comercial de food service da empresa, tem investido no desenvolvimento de produtos do segmento de panificação. Com esses itens, também é possível fabricar os bolos de casamento.

A empresa lançou recentemente os recheios Doce Chef, apresentados em três sabores: doce de leite com ameixa, baunilha com pêssego e abacaxi com coco. “Todos são produzidos com matérias-primas selecionadas e com pedaços de frutas que, mesmo após passarem por processo industrial, têm sua estrutura e firmeza preservadas”, afirma a gerente.

Esse lançamento foi desenvolvido, conforme relata Clarisse, com muito cuidado, para prevalecer a delicadeza do produto artesanal e permitir que os confeiteiros economizem tempo, já que os itens do Doce Chef vêm prontos para uso. “Além disso, eles agregam valor aos bolos, enobrecendo-os e permitindo a utilização de frutas de forma segura, tanto do ponto de vista de segurança alimentar quanto em termos de qualidade, pois impede a transferência da água das frutas para a massa do bolo (algo essencial para que se mantenha a estrutura do bolo e decoração preservadas)”, afirma. “Para diluir custo, pode ser acrescentada uma base de creme aos recheios, além de ser possível o acréscimo de outros ingredientes que agradem os consumidores finais, como nozes ao recheio de Doce de Leite com Ameixa”, finaliza a gerente comercial.

Tendências da área

A história de Valéria da Cruz, empresária e criadora do blog Cake Designers, no mundo gastronômico, começa por meio da influência da mãe dela. Após ver que também gostava de cozinhar, a empresária investiu em cursos de confeitaria artística.

“Passei por grandes aprendizados nas mãos de artistas nacionais como Flávia Millas, Serafina Checco, Ana Elisa Salinas, Rafael Barros, entre outros, e internacionais como Elisa Strauss, Maggie Austin e Nicholas Lodge. A partir daí, decidi levar o hobby a sério. Ingressei no curso de Gastronomia da Universidade Anhembi Morumbi e lancei em maio de 2012 o blog que hoje vem sendo referência nesse segmento: o Cake Designers”, conta Valéria.

A empresária não faz encomendas de bolos de casamento, mas, como ressalta, é uma pesquisadora do assunto. Os bolos de casamento, segundo Valéria, precisam estar em conjunto com a mesa de doces. Por isso, a escolha do tipo de bolo depende muito de como será a festa.“Dos casamentos que tive a oportunidade de participar, já vi noivos que dão preferência à praticidade e optam por bolos “fakes” (falsos), que são feitos de isopor e geralmente cobertos como um bolo verdadeiro, utilizando pasta americana. Nesse caso, o bolo verdadeiro é cortado na cozinha e servido diretamente aos convidados. Já outros mais clássicos preferem o bolo verdadeiro exposto e cortado na frente dos convidados”, relata.

Para Valéria, o tempo de produção desse tipo de produto depende muito do nível de complexidade dele. Um bolo simples de apenas um andar coberto com pasta americana pode ser fabricado em 1 ou 2 dias, mas aqueles de vários andares e com muitas decorações demandam vários dias de preparo.
“Existem muitos fatores que envolvem a durabilidade de um bolo: se tem calda ou não, o tipo de recheio (frutas são muito perecíveis), o ambiente onde serão armazenados etc. Mas considerando um bolo de chocolate com recheio de ganache, ele pode durar aproximadamente 5 dias fora da geladeira”, afirma a empresária.

Experiência em festa

O Buffet Faleiro iniciou suas atividades em 1952. Conforme relata Marcella Faleiro, diretora comercial do Buffet Faleiro, a história da empresa é pontuada por grandes eventos, como a inauguração de Brasília. Ela diz que um dos principais clientes nessa época foi o ex-presidente Juscelino Kubitschek. Atualmente, a companhia é dirigida pela 3º geração da família.
“A qualidade, os sabores e os serviços diferenciados são premissas que acompanham cada festa e evento realizado, seja ele social ou corporativo”, afirma Marcella.

O feitio do bolo de casamento é terceirizado. O Buffet Faleiro possui uma cake designer que faz os bolos em seu atelier. Os clientes podem escolher a opção do produto no book da empresa, “ou também têm a opção de fazer o modelo ‘sonhado pela noiva’, que executamos de acordo com o pedido da cliente”, completa a diretora comercial.

Para Marcella, o mercado de bolos está sempre se renovando e trazendo novidades. Ela aponta o naked cake (um bolo sem cobertura), como uma das grandes tendências do momento. Outro bolo que está fazendo sucesso é o rendado. “Essas são só algumas tendências, pois o bolo tradicional de casamento com pasta americana nunca deixará de existir”, finaliza.

Mercado em crescimento

A Vigor possui uma linha especializada em confeitaria, com a marca Amélia. Entre os produtos estão o Chantilly ao leite, Chatymix, Ganache e Geleias de brilho neutra e morango.
Para a fabricação dos bolos de casamento, os itens indicados por Renata Holzer, gerente de marketing food service da Vigor, são o Chantilly ao leite (que possui 49% de leite), por ter um sabor artesanal de creme de leite fresco, e o Chantymix, que rende até 4x mais seu volume. “Ambos foram pensados para proporcionar ao confeiteiro maior segurança no momento de confeitar, devido à sua ótima performance e definição de traços, além de fornecer aos seus clientes, bolos mais saborosos, padronizados”, pondera.

De acordo com a gerente de marketing, os dois produtos aceitam diferentes misturas, como o chocolate em pó, corantes, aromas, café solúvel, bebidas alcoólicas, suco de frutas, leite condensado, açúcar e caramelo. Uma dica de Renata para o confeiteiro é adicionar o Chantilly ao leite, Geleia de brilho neutra Amélia e Creme culinário durante o batimento. O resultado é um produto mais resistente a temperaturas e com uma boa definição no acabamento de bolos.
Os consumidores podem encontrar essa linha nos distribuidores especializados, como casas de festa, por exemplo. A embalagem é TetraPak e, como ressalta Renata, isso garante a qualidade de utilização e praticidade para ser estocado.

“A categoria de bolos é um dos pilares para o segmento de food service por ser absolutamente universal, democrática e popular. É um produto que permite trabalho/emprego para quem o quiser, ou seja, desde os chefs pâtisseries com seus produtos Premium gourmet, passando pelas padarias e confeitarias, até os artesãos, investem em conhecimento, ferramentas e ingredientes para produzir bolo”, conclui a gerente de marketing.

Décadas de experiência

A Levapan está no mercado desde 1952 e possui uma linha completa de panificação e confeitaria, que conta com fermento, corantes, chocolates, recheios, coberturas, chantilly, creme confeiteiro, entre outros. Conforme afirma Everton Negrisoli, coordenador de marketing, a empresa é a única dessa área na América Latina e a segunda no mundo a possuir o ISO 9001, adquirido há mais de uma década.

No preparo do bolo de casamento, conforme diz Ilton Viera de Moraes, técnico responsável pela aplicação dos produtos Levapan, os recheios da empresa são uma boa pedida. “Os recheios estão no nosso portfólio e temos várias opções como coco, leite condensado, chocolate trufado, chocolate, entre outros”, afirma.

O bolo de casamento não pode ter um recheio muito líquido, e para atender esse requisito, como explica Moraes, a linha já vem com açúcar, o que ajuda a molhar a massa de pão de ló.
“Nossos produtos foram desenvolvidos para facilitar o dia a dia do profissional e agregar um toque especial em suas receitas. O controle de qualidade e a busca por novos ingredientes é uma prática constante da empresa, tudo para oferecer o que há de melhor a nossos clientes”, explica Negrisoli.

Cargill
www.cargill.com.br
Vigor
www.vigor.com.br
Levapan
www.levapan.com.br
Buffet Faleiro
www.faleiro.com.br/buffet
Cake designers
www.cakedesigners.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 − quatro =