À espera da Copa

0

A Copa do Mundo da FIFA irá marcar o ano de 2014 no Brasil. O evento irá movimentar diversos setores da economia no país. Grandes empresas, autônomos e empreendedores enxergam a Copa como uma oportunidade especial. Por falar em empreendedorismo, segundo o Serasa, em 2013, o Brasil ganhou 1,84 milhões de empresas. Destes, 68,2% são microempreendedores individuais.

Por sua vez, patrocinadores oficiais da Copa apostam na interatividade promovida pelas redes sociais em suas ações de marketing. A Garoto promoveu a votação do chocolate oficial do torneio por meio do Facebook, reunindo 200 mil internautas. Por sua vez, a ação da Coca-Cola permite que usuários cadastrados de todo o mundo interajam entre si.

Centros de Treinamento de Seleções já foram definidos

No final de janeiro, o Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 divulgou a lista final dos Centros de Treinamento de Seleções (CTSs) e dos hotéis que irão hospedar as 32 equipes que participarão da Copa do Mundo. Os Centros foram escolhidos pelas equipes.

“Este é um momento fundamental, porque a partir de agora podemos trabalhar com um cenário real. Ao saber exatamente onde cada seleção irá se hospedar e treinar, podemos começar a detalhar o planejamento de toda a operação de segurança, transporte, logística e outras áreas”, afirma Frederico Nantes, Gerente Geral de Competição e Serviços às Equipes do COL.

De dezembro de 2011 a maio de 2013, uma equipe técnica formada por 18 profissionais do COL avaliou e inspecionou instalações em todo o país. No total, o COL avaliou 403 candidatos em 25 estados, além do Distrito Federal.

Entre os Centros selecionados, 24 estão na região Sudeste, cinco no Nordeste e três no Sul do país. Campinas, Itu, Rio de Janeiro e Vitória receberão duas seleções cada. Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo são as cidades-sede que receberão seleções, sendo a última escolhida por 15 seleções.

“Esta é uma oportunidade concreta de ampliar a participação da população paulista no evento, promovendo seus atrativos turísticos, aproveitando a infraestrutura existente, as melhorias permanentes em decorrência do evento e toda a diversidade cultural do nosso estado”, diz Julio Semeghini, Secretário de Estado de Planejamento e Coordenador do Comitê Paulista da Copa 2014.

A lista completa dos Centros de Treinamentos de Seleções se encontra disponível para download no site da FIFA.

De olho na pizza

Além de hotéis e estádios, muitos restaurantes comerciais enxergam o período da Copa do Mundo como uma grande oportunidade para lucrar.

Este é o caso da tradicional pizzaria Zi Tereza. Localizada em Campo Belo, na capital paulista, a casa já disponibiliza cardápios em inglês, o que facilita a comunicação com os estrangeiros que passam pelo estabelecimento. Em homenagem aos quatro continentes que participarão do evento da FIFA, a pizzaria irá oferecer quatro pizzas temáticas: Europa, América, Ásia e África.

“A Zi Tereza oferece constantes treinamentos aos funcionários a fim de garantir um serviço de qualidade a todos os clientes, a exemplo dos cursos com sommeliers. Estamos estudando a possibilidade de oferecer curso de inglês aos funcionários”.

A pizzaria foi fundada em 1945. O nome do estabelecimento é uma referência à cozinha tradicional da Tia Teresa na baía de Nápoles, até hoje em funcionamento no sul da Itália. A inspiração dessa cozinha artesanal é preservada nas receitas originais da massa crocante e do preparo diário do molho de tomate, base da verdadeira pizza paulistana de forno a lenha.

Em 2012, os irmãos Daniel e Rodrigo Esteves compraram o restaurante. “O maior desafio que enfrentamos nos primeiros dezoito meses foi manter a tradição da casa. Investimos R$ 2,5 milhões para adquirir o negócio e aplicamos em 2013 mais R$600 mil em modernização do salão para proporcionar um ambiente diferenciado aos clientes, mas sem perder a tradição”, afirma Daniel.

Outro ponto alto da pizzaria são os vinhos. O sommelier Netto Giurranno trabalha no Zi Tereza há 12 anos. Formado pela ABS – Associação Brasileira de Sommelier, Giurranno também trabalhou no Allez Allez e Vila Flórida. Didática, a carta de vinhos da casa apresenta indicação da uva e sugestão de acompanhamento para cada bebida.

Marketing com nostalgia e interatividade

A Coca-cola, patrocinadora oficial da Copa do Mundo, já coloca em prática ações de marketing que contemplam o evento esportivo. A “Promoção Minigarrafinhas de Todo Mundo” celebra a Copa trazendo de volta as famosas garrafinhas em miniatura.

Em 2014, as garrafinhas estão repaginadas em 18 modelos de alumínio, estampadas com as bandeiras de todos os países que já sediaram a Copa: Argentina, Chile, Uruguai, México, Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Espanha, França, Itália, Suécia, Suíça,

África do Sul, Japão, Coreia do Sul e os futuros países-sede (Brasil, Rússia e Catar), além de duas edições especiais. O miniengradado também faz parte da ação.

Além de agradarem aos colecionadores, as minigarrafinhas também são interativas. Por meio de um aplicativo do Facebook, que estará disponível no site da Coca-Cola, Apple Store e Android Market, fãs de todo o mundo são convidados a se cadastrarem na torcida virtual de seu respectivo país. Desta forma, eles podem criar seu personagem e se comunicar com outros brasileiros que tiverem a minigarrafinha. O objetivo é incentivar a participação na Copa de Todo o Mundo.

Chocolates e sorvetes oficiais

O chocolate oficial da Copa do Mundo terá um gosto participativo. Afinal, 200 mil pessoas escolheram a receita por meio do Facebook. Resultado: o chocolate oficial, disponível no mercado desde novembro, é vendido no sabor ao leite, combinado com castanha-de-caju e caramelo, em embalagem personalizada que celebra o evento esportivo. O produto vem em tabletes de 26g. Fuleco, o mascote oficial da Copa, estampa o chocolate, a embalagem e o adesivo que vem de brinde.

Entre os meses de março a maio de 2013, a Garoto realizou em sua página oficial do Facebook a campanha “A Copa do Mundo da FIFA™ é nossa e o Chocolate é seu”, que resultou na escolha do chocolate oficial.

Na primeira fase, os participantes puderam escolher o sabor do chocolate. Na segunda fase, foi feita a escolha da embalagem do produto. Os internautas que votaram também participaram de um sorteio que contemplou brindes como notebooks, pares de ingressos para assistir aos jogos do Brasil na Copa e visita à fábrica da Garoto em Vila Velha, no Espírito Santo.

A marca investe pesado no marketing voltado para a Copa. São aproximadamente R$ 200 milhões em ações de mídia, redes sociais e desenvolvimento de novos produtos. A Garoto terá exclusividade na venda de chocolates e sorvetes nos estádios.

McDonald´s capacita voluntários

O McDonald´s, patrocinador e restaurante oficial da Copa do Mundo deste ano, irá continuar o programa de capacitação dos voluntários que irão trabalhar durante o evento da FIFA. O curso também foi ministrado em 2013, ano da Copa das Confederações.

Novamente, a rede oferece a todos os candidatos a voluntários um programa de treinamento para a certificação em serviços de hospitalidade. A primeira etapa já está disponível no site oficial da FIFA. A segunda, um módulo presencial, será ministrado poucas semanas antes do início do evento para os 15 mil voluntários selecionados.

“Nossa experiência durante a Copa das Confederações da FIFA foi muito positiva. Não poderia ser diferente, afinal, somos um povo que adora receber pessoas e que também ama o futebol. O nosso trabalho foi simplesmente aguçar no grupo de voluntários esse espírito hospitaleiro natural que eles têm. Nada diferente do que fazemos todos os dias em nossos restaurantes. Assim, todos ganham, sejam os turistas, espectadores e visitantes – o evento – e, principalmente, o nosso país”, afirma David Grinberg, gerente de Marketing Esportivo para a América Latina da Arcos Dorados, operadora da marca McDonald´s no continente.

Neste ano, a versão do curso de hospitalidade está ainda mais interativa e voltada para as situações cotidianas dos voluntários. O treinamento utiliza exemplos práticos vividos na Copa das Confederações em 2013, repassa dicas de como lidar com pessoas de diferentes culturas e relativos a boas práticas de interação com o público.

Com duração estimada em 40 minutos, o curso é baseado em três pilares: conhecimento, habilidades e atitude. Ao completá-lo, o voluntário recebe um Certificado de Conclusão da McDonald´s University, referência em ensino corporativo.

McDonald´s:
www.mcdonalds.com.br
Zi Tereza di Napoli
www.ziterezadinapoli.com.br
Garoto
www.garoto.com.br
Coca-Cola
www.cocacola.com.br
Grampa´s Attic
www.facebook.com/grampasatticbh

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × quatro =