40% dos moradores de favelas desejam empreender, diz pesquisa

A maioria deles desejam o setor alimentício

0

O instituto Data Favela revelou recentemente um estudo que mostra que 40 % dos moradores de favelas desejam empreender. Com cerca de 12,3 milhões de moradores, esse número mostra que nas comunidades há uma vontade maior de empreender do que o a população brasileira em geral (23%).

A maior parte das pessoas que vivem em comunidade e desejam abrir seu próprio negócio pensam em investir no setor de alimentação (35%). Desse número, a maioria deseja empreender dentro da própria favela onde vivem (63%).

Nesse levantamento, foi traçado o perfil dos novos empreendedores. A maioria dessas pessoas possui mais de 25 anos e é casada (51%), são mulheres (51%) e pertencem à classe C (56%).

“Ao contrário do que muitos devem pensar, o aumento do empreendedorismo na favela não acontece por falta de emprego. Dois terços dos moradores de comunidades querem empreender por oportunidade de negócios. Eles identificam aí uma chance de crescer na vida”, explica Renato Meirelles, presidente do instituto Data Favela.

O levantamento também mostra que nos últimos 30 dias, 82% dos moradores fizeram compra na própria comunidade. Segundo Meirelles, esse consumo está relacionado a produtos simples, em geral do ramo alimentício.“É muito mais fácil ir a um atacado e levar guloseimas para a favela do que levar geladeiras, computadores. E produtos mais caros exigem uma formalização que ainda não chegou até lá”, conta.

Fonte: Estadão PME

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezoito + dezenove =