Uma fatia considerável do mercado

Segmento de bolos presencia crescimento e ideias cada vez mais criativas para as receitas

Os bolos são alternativas interessantes para lanches e têm sido a opção de muitas pessoas ao se alimentaram fora de casa. Eles podem ser consumidos no dia a dia e são ótimos também para as festividades, inclusive pela beleza que eles podem apresentar nas mesas. Pensando nisso, diversas marcas têm investido nesse produto para se tornarem ainda mais rentáveis e têm obtido excelentes resultados com essa atitude.
Algumas empresas alimentícias produzem massas de bolo pré-pronto, que deixam o trabalho na cozinha profissional mais prático e padronizado, além de garantir uma agilidade maior. Em diferentes tamanhos, essas embalagens são ideais para as demandas de vários estabelecimentos da área de alimentação fora do lar atualmente.
Seja para o consumidor final ou, então, para o food service, essas organizações oferecem uma gama de sabores que pode fazer a diferença na hora de produzir uma receita e conquistar cada vez mais clientes. Também são ofertados diversos tipos de bolo – como cremosos ou de festas – que podem deixar o portfólio mais atraente.
A Food Service News conversou com algumas empresas a respeito desse assunto. Conheça mais sobre esse tipo de investimento abaixo.

Fábrica de bolos
A Fábrica de Bolo Vó Alzira é uma empresa que mostra o quanto esses itens podem fazer sucesso e conquistar clientes, fazendo com que uma marca possa se desenvolver por todo o Brasil. Com uma história de superação, o empreendimento revela o quanto determinadas ideias de negócio podem se tornar lucrativas, inclusive em curto período de tempo.
Depois de perder a mãe e o emprego, aos 60 anos, Alzira Ramos resolveu fazer bolos para ajudar nas despesas de casa. O que a empreendedora não imaginava era que esse complemento de renda poderia se tornar um grande empreendimento. Alzira já tinha experiência na produção de bolos. Ela começou fazendo o produto em seu apartamento e vendendo no bar perto de sua casa, sem muitas expectativas, no entanto.
Porém, o sucesso foi tanto que a profissional chegou a produzir cem bolos por dia, com a ajuda de um amigo. Toda a produção era feita sem a ajuda de batedeiras ou de outros equipamentos tecnológicos.
Os bolos tinham um ar de produtos caseiros, como as chamadas “comidas de avó”. Essa é uma das características que a marca preza até hoje para se manter no mercado e cativar a clientela.
Em 2008, a empresa abriu sua primeira unidade na Barra de Tijuca, no Rio de Janeiro. Cinco anos depois, a Fábrica de Bolo entrou no mercado de franquias e tem se expandido através desse modelo de negócio.
Atualmente, são mais de 180 unidades da Fábrica de Bolo Vó Alzira espalhadas pelo país. A história da marca mostra o quanto é necessário estar atento às oportunidades e ao gosto dos consumidores.

Custo-benefício
Um dos objetivos da Fábrica de Bolo é oferecer produtos com ótimo custo-benefício. Exemplo disso é que esses itens têm preço médio de R$20. De acordo com a empresa, os sabores mais vendidos são laranja, cenoura com chocolate, banana, abacaxi com coco e nozes com chocolate. Existem, ainda, três categorias de bolos oferecidos pela marca: tradicionais, festas e diets. Entre as opções para bolo de festa estão bolo com coco e beijinho, bolo com negresco, bolo de abacaxi com coco e beijinho e bolo charge.

Cardápio de natal
Para datas sazonais, como o Natal, a Fábrica de Bolos preparou um cardápio especial para atender os clientes. Como tem expertise em massas, a empresa resolveu oferecer produtos personalizados para uma das datas mais comemoradas do ano.
O cardápio especial tem data pré-determinada para iniciar e finalizar. Foram criados dois sabores de bolotones, que misturam a tradição da marca na fabricação de bolos com a receita do panetone.
Um dos sabores desse item é o chocolate, com peso de 620gr. Essa receita conta com uma massa de chocolate, recheio de chocolate e cobertura de brigadeiro. Para finalizar, raspas de chocolate Nestlé são adicionadas. O valor do produto, até o fechamento da edição, era de R$24,90. A receita é ideal para complementar a ceia e pode dar um charme especial às celebrações.
Outra novidade nas lojas é o sabor frutas cristalizadas, que lembra os tradicionais panetones. Com peso de 600gr, o produto leva, além das frutas cristalizadas na massa, açúcar de confeiteiro em sua cobertura. Esse item chegou às lojas por R$18,90.

Misturas
Uma das empresas responsáveis pela produção de misturas para bolos é a Vilma Alimentos, que fica localizada em Contagem, Minas Gerais. A marca está em constante inovação em seus sabores e tipos de produtos oferecidos.
A organização tem tamanhos destinados para consumidores finais, de 400 gr; ou grandes pesos, com 5 kg. São diversos tipos de bolos, de diferentes receitas, para atender às necessidades dos consumidores. Exemplo disso é ó bolo cremoso de queijadinha. A receita é sucesso em padarias e em vários outros estabelecimentos de alimentação. Também são ofertadas pela marca outras misturas em sabores bastante conhecidos pelo público, como chocolate, limão, leite condensado, mandioca e floresta negra.

História
A Vilma Alimentos começou sua história há muito tempo, no ano de 1925. De acordo com informações da empresa, um de seus objetivos é unir a tradição no ramo de alimentação à vontade de oferecer os melhores serviços para os clientes. A empresa também reforça que continua com o desejo de surpreender e conquistar os consumidores. Fazem parte da trajetória da Vilma Alimentos marcas de destaque como Pirata, Yara e Krokero.

Em números
De acordo com informações da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), a venda de bolos industrializados se manteve estável no último ano.
Em um levantamento que foi realizado pela Euromonitor, o Brasil é o oitavo país no ranking de vendas de bolos industrializados, na frente de México e Rússia, por exemplo. Em 2016, esse segmento vendeu 977 milhões de dólares.
Em quantidade, no entanto, o Brasil ocupa a décima posição. Segundo o Euromonitor, as vendas em 2016 foram de 124 mil toneladas. Liderando o ranking, estão os Estados Unidos, com 758 mil toneladas, seguido por Japão, com 436 mil toneladas e pela China, com 424 mil toneladas.
Segundo uma pesquisa que foi feita pela Mordor Intelligence sobre o mercado global de bolos, esse segmento deve ter crescimento de 3,5% no período entre 2017 e 2022. Nesse cenário, produtos premium e com características saudáveis estão ampliando a expectativa de expansão.
Questões de saudabilidade estão movimentando o mercado de alimentação como um todo. De acordo com o estudo, o aumento da obesidade é um dos motivos para mudanças de comportamento dos consumidores.

Fábrica de Bolo
www.fabricadebolo.com.br
Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi)
www.abimapi.com.br
Euromonitor
www.euromonitor.com
Mordor Intelligence
www.mordorintelligence.com
Vilma alimentos
www.vilma.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA