Referência

Bárbara Verzola tem a inovação como um dos seus carros-chefes

Bárbara Verzola é formada em Direito, mas se firmou mesmo foi na cozinha. A capixaba é filha de pais italianos e teve influência de vários temperos para compor seu currículo. Atualmente, é sócia de um dos maiores restaurantes brasileiros, o Soeta. Além disso, a chef também foi para a televisão e ficou conhecida no programa Cozinha Caseira, da Fox.
Uma de suas primeiras experiências foi com o Chef e Enólogo Danio Braga, no Restaurante Locanda Della Mimosa, em Petrópolis, no Rio de Janeiro. Lá, a profissional ficou quatro anos ganhando trabalhando na área e desenvolvendo seus dotes na cozinha. O tempo no restaurante foi suficiente para que a profissional fosse procurar novos conhecimentos sobre o assunto.
Logo em seguida, Bárbara foi para a Itália. A paixão culinária fez com que ela conseguisse uma vaga para trabalhar na tradicional Enoteca Pinchiorri, onde ficou por um ano e meio. Ainda em terras europeias, Bárbara trabalhou no restaurante Duamo, em Sicília, com o chef Ciccio Sultano. A chef também teve a oportunidade de ser assistente direta do chef de criatividade Oriol Castro, no restaurante espanhol El Bulli, do famoso chef FerranAdrià. Foi trabalhando em uma dos restaurantes mais famosos do mundo, como o El Bulli, que Bárbara conheceu Pablo Pávon, com quem divide a cozinha e um restaurante no Espírito Santo.

EXPERIÊNCIA
A experiência em terras europeias deu outro ar para o trabalho de Bárbara. Um dos diferenciais da profissional é a criatividade e o uso da modernidade em seus pratos, sem perder o sabor nos pratos. Atualmente, a chef divide o restaurante Soeta com o chef Pablo Pavón. O restaurante é conhecido pelos pratos ousados e a inspiração na culinária castelhana.
Bárbara Verzola conheceu Pablo no restaurante El Bulli e a parceria cresceu. Em 2010, os chefs se uniram à empresária Marly Farah para dar início ao Soeta. Ano passado, o negócio completou cinco anos e teve um menu especial para comemorar. A vanguarda espanhola ainda é a principal inspiração para a dupla, que soma ingredientes regionais e diversos produtos ao redor do mundo para deixar os pratos ainda mais saborosos.
Além da técnica aprendida no Brasil e na Europa, a dupla de chefs utiliza conceitos de inovação para compor pratos autorais. Desde 2015, os clientes tiveram ainda mais motivos para comemorar a parceria dos profissionais. Para compor cada receita, eles utilizam os ingredientes de cada região e da temporada, que variam de 25 a 33 etapas.
Uma das novidades foi inspirada nos botecos, com pratos para comer com as mãos. A degustação começa com o Nossa Cerveja, um mix de caldo de cana com limão e cachaça, servido num copo americano com espuma de cerveja. Logo em seguida, os clientes podem degustar o Baiacu frito com caipirinha, que teve como inspiração os famosos peixes fritos servidos com drinques, muito comum no litoral brasileiro.
Outra novidade no cardápio é o Misto Quente de Cogumelos. Nesse prato, fatias de pão são substituídas por lâminas de cogumelos maturados por 15 dias e recheados com presunto e queijo antes de ir ao fogo. Os cogumelos utilizados pelo restaurante são produzidos em Pedra Azul, uma comunidade nas montanhas do Espírito Santo, a 120 quilômetros de Vitória. Todo esse cuidado faz com que a receita ganhe um toque único, com ingredientes requintados. É desse mesmo lugar que a maioria dos produtos orgânicos são produzidos para a casa.
Os clientes também ganharam outro aperitivo: o Pão de alho com Coração de Frango. Essa receita remete às tradicionais churrascarias do Espírito Santo. O canapé de Castanhas, outra delícia da casa, combina lâminas de castanhas do Pará desidratadas até quase virarem torradas, cobertas por tiras de melancia e a combinação espanhola de melão com presunto cru, produzido na Fazenda Yaguara Ecológica, em Pernambuco. Também faz parte do cardápio de comemoração do Soeta Codornas de Sol com Escabeche, pensada nos enlatados espanhóis e servida na brasa com molho ácido e flores de alecrim.
A preocupação dos chefs se concentra principalmente em oferecer um cardápio diversificado e com bons ingredientes. Pensando nisso, Bárbara e Pablo criaram uma segunda sequência de pratos, que tem como tema o Encontro de Mar e Terra, que são elementos presente na cultura capixaba. Um dos pratos nessa segunda sequência é o Ceviche de cartilagem de frango e Tendões de Ostras. Outra combinação é o Tempurá de Ostras e sua maionese.

CAPIXABA
Como boa capixaba, a chef Bárbara Versoza escolheu a localização do restaurante em Vitória, um lugar que faz parte da história da profissional. O Soeta é um dos primeiros restaurantes da região que oferecem um menu-degustação, que é algo inovador para a região.
Localizado em Vitória, no Espírito Santo, o Soeta é um dos restaurantes mais premiados do Brasil. Para se ter uma ideia, o restaurante ficou entre os 30 melhores do Brasil, segundo o Guia Quatro Rodas de 2013. O estabelecimento ficou ao lado de grandes nomes, como o Fasano e o D.O.M, de Alex Atala..
O Soeta oferece diversos serviços aos clientes, como cursos, onde os inscritos podem aprender um pouco mais sobre gastronomia com os chefs e ainda participam de degustação. Outro exemplo de serviço oferecido pelo restaurante são os eventos. Lá, é possível desde comemorar aniversários a fazer uma confraternização da empresa. O lugar é ideal para quem gosta de um espaço bonito, com uma decoração característica e um toque de gastronomia renomada.
O Soeta Recebe é uma iniciativa que abre as portas do restaurante e dá espaço a outros chefs. Nessa ação, os clientes têm a oportunidade de conhecer outros temperos e talentos na cozinha. Um dos nomes recebidos pela iniciativa é o chef Albert Raurich e o chef Rodrigo Oliveira. Além disso, as delícias do restaurante podem chegar diretamente na casa do cliente. Através do Empório Soeta, os clientes podem fazer encomendas e ter todos os sabores com praticidade.
O Soeta também recebeu um importante prêmio em 2016, o “Identita Galose”, uma premiação que mostra os melhores restaurantes ao redor do mundo. O local foi reconhecido como um dos poucos restaurantes a integrarem a lista. O público capixaba só tem a comemorar. Em nota para o portal, o restaurante agradece a todos que ajudaram a conquistar o prêmio.

CONTATO REGIONAL
Bárbara Verzola também foi convidada para participar da Semana de Gastronomia em Maringá, que leva chefs renomados para a cidade. Dentre os presentes, estavam Guga Rocha, Frederico Rocha e Pablo Pavón. O evento tem como objetivo levar ingredientes nacionais para as receitas e deixar os pratos mais saborosos.

PRÊMIOS
A chef Bárbara Verzola voltou ao Brasil aclamada pelo público e foi premiada como Chef do Ano pelo Prazer e Cia, em 2012. A premiação é feita desde 2007, pela Gazeta, que premia os principais profissionais da cozinha e 151 estabelecimentos do setor, como lanchonetes, bares, restaurantes e sorveterias. A premiação é um dos principais eventos capixabas, que procura dicas para os leitores.

BÁRBARA VERZOLA
www.soeta.com.br/chefs

Artigo anteriorPlanejamento, seriedade e persistência
Próximo artigoFoco e humildade
A redação da Food Service News através deste canal, pauta assuntos de cunho financeiro e informativo, nossas matérias abordam novidades do mercado, tendências, dicas e oferecem entrevistas exclusivas. Além disso, a revista está sempre inovando e antecipando tendências, trazendo um conteúdo indispensável para quem deseja investir e saber mais sobre o segmento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA