Páscoa gera 4 mil empregos temporários no Nordeste

páscoa

A páscoa tem gerado oportunidades de emprego. Em todo o país, a estimava é que sejam gerados 29 mil novos empregos temporários e aproximadamente 4 mil vão para o Nordeste, é o que afirma a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab).

O Nordeste representa 14% de todo o mercado consumidor de chocolates no País. Na Bahia, empresas produtoras de chocolates já estão selecionando os candidatos, como é o caso da Cacau Show, Mondelez, Nestlé, Garoto e Top Cau, com seleção para 600 vagas temporárias. Em comum, as marcas destinam os empregos para maiores de 18 anos e, de preferência, que tenham experiência na área.

A rede de franquias Cacau Show está oferecendo 6 mil vagas distribuídas nas 2 mil lojas da marca. De acordo com a empresa, para se inscrever é necessário ter mais de 18 anos, ensino médio completo e experiência em vendas. A marca orienta que os interessados devem entregar currículo na unidade mais próxima de sua residência.

Sheila Souza, gerente da Cacau Show no Salvador Shopping, conta que cada unidade tem sua forma de empregar os funcionários e não há quantidade de vagas fixas. Em média, cada unidade contrata três pessoas para ajudar na época de páscoa. “Normalmente a gente aproveita quem se destacou melhor como temporário no Natal. A pessoa precisa ter iniciativa e atitude, tem que ser aquela pessoa disposta a tudo, não ter vergonha, não ficar parado, tem que estar sempre na correria”, explica Sheila.

Fonte: A Tarde

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA