O menu, por favor

menu

Quando se fala em um bom cardápio dentro do food service, vários itens, em geral, são observados. Desde a escolha dos ingredientes até os profissionais que farão os pratos, muita coisa deve ser pensada para conseguir atrair um número cada vez maior de clientes.

Mas também é necessário inovar. Muitos são os estabelecimentos que decidem renovar os seus cardápios, acrescentado diversos itens para torná-los ainda mais chamativos. São várias as escolhas que podem ser feitas, desde pensar em mais um tipo de público-alvo até incrementar as opções que já são preferências de determinados clientes.

Na área de alimentação fora do lar, atitudes como essa costumam ser bem-vistas tanto pelos profissionais quanto pelos clientes. Sendo assim, muitas empresas não deixam de focar nesse tipo de ação, fazendo, assim, com que seus números consigam alcançar patamares ainda maiores.

São vários os exemplos que são encontrados na área de alimentação fora do lar a respeito desse assunto. A Food Service News já mostrou vários deles. Em um dos nossos artigos publicados, por exemplo, foi destacado que “um erro comum entre empresários, principalmente no período de crise, é deixar de realizar substituições. Fazer algumas trocas no cardápio do restaurante pode atrair mais clientes para o estabelecimento. Essas alterações de receitas também permitirão abaixar os custos. Além de avaliar os preços com os fornecedores, com possíveis trocas de antigos players, é preciso estar atento a outros fatores, como rentabilidade do produto oferecido, qualificação do fornecedor e a interferência de juros nas compras parceladas. Alguns sistemas são capazes de gerar todas essas informações, sendo eles fundamentais para tomar decisões com baixos custos e com velocidade”. Também foi dito que “a administração precisa estar focada também nos conflitos e mudanças, além de ser necessário haver planejamento de ações possíveis em médio e em longo prazo. Com uma administração focada, é possível identificar pontos conflituosos e resolvê-los o mais rápido possível”.

Nesse, processo, aliás, como foi destacado, a tecnologia pode ser muito importante. “A tecnologia também pode ser uma grande aliada na hora de fazer um bom planejamento.
Existem, no mercado, diversas soluções que vão desde os controles de custos, passando pela gestão dos processos como, por exemplo, eliminado produtos que se têm no estoque, e até mesmo em ações de retomada de clientes faltantes que foram em busca de refeições mais baratas no concorrente da esquina. Mas o principal mesmo é estar aberto a transformações, não desperdiçando, assim, as oportunidades. É preciso ter ousadia para mudar e alcançar respostas muito melhores na gestão de nosso negócio”.

Dessa forma, os investimentos costumam ser constantes, em vários empreendimentos, nesse tipo de atitude. De maneiras diferenciadas, inovações são pensadas e novas receitas também. Diversos chefs trabalham para conseguir um cardápio cada vez mais diversificado.

Instalações

Contemplando instalações de ponta e com um maquinário composto por fornos combinados com a capacidade de produzir 2000 refeições/hora, o restaurante Pau Brasil, localizado nas dependências do Actuall Convention Hotel, inova o seu cardápio. A partir de janeiro, o estabelecimento passou a disponibilizar um novo buffet com o melhor da comida nacional e internacional. Aberto ao público externo, o buffet está disponível de segunda a sexta-feira.

Apostando na culinária temática, para o almoço, o restaurante Pau Brasil oferece, em cada dia da semana, apetitosas refeições inspiradas nas mais diversas cozinhas. Do requinte e alta culinária da Itália à moderna comida contemporânea, passando pela singularidade do tropeiro mineiro, o restaurante proporciona um mix de sabores com o novo menu, preparado exclusivamente pelo Chef Eduardo Martins, que comanda a cozinha do restaurante.

Para o jantar, de segunda a sexta-feira, o restaurante se especializou em um autêntico buffet italiano composto por antepastos, queijos e frios variados, saladas, dois tipos de creme ou sopa e estação de massas ao vivo. A casa também proporciona pratos à la carte, em que o cliente escolhe três acompanhamentos e um grelhado de sua preferência, como salmão, picanha, bacalhau e outros, sistema também utilizado durante os sábados e domingos.

O restaurante ainda possui um cardápio recheado de sobremesas. Doces mineiros, pudim de leite, profiteroles, cheesecake, manjar de coco, crème brûlée, mousses e tortas variadas são algumas das deliciosas opções de doces disponíveis no estabelecimento. Para os amantes de boas bebidas, a casa possui um eclético cardápio com destilados, licores, whiskys, vinhos, drinks, cervejas, refrigerantes, cafés e sucos naturais.

Como diferencial, o supervisor de A&B do Restaurante Pau Brasil, Marcelo de Paula, destaca a produção das proteínas, que utiliza o método de cocção SOUS VIDE, em que as proteínas são preparadas em baixas temperaturas a vácuo. “Essa técnica garante uma carne macia e suculenta”, explica o profissional.

Novidades

O Bar da Esquina apresenta novidades no cardápio. Ponto de encontro tradicional da capital mineira tem novas opções de petiscos, pratos e massas. Bar também oferece todos os dias bufê self-service no almoço e rodízio de pizzas à noite.

O Bar da Esquina (Rua Sergipe, 146 – Funcionários), tradicional ponto de encontro da capital mineira há mais de 50 anos, reformulou o seu cardápio e ampliou as opções de petiscos, que agora passa a contar com 20 opções, além de novas alternativas de pratos à la carte, massas, saladas, sanduíches e espetos. Destaque para a maçã de peito com mandioca e manteiga de garrafa (R$ 33,00) e a clássica batata frita 3×1 (R$ 27,00) para petiscar. Já entre os pratos o filé à parmegiana (R$ 48,00) e o filé à Châteaubriant (R$ 46,00) estão entre as novidades.

Para o almoço, o Bar da Esquina também oferece um bufê self-service a quilo para atender o público que trabalha e reside na região do bairro Funcionários. Com opções bem variadas, o almoço self-service do Bar da Esquina é servido de segunda à sexta, de 11h30 às 15h (R$ 48,90 o quilo), e aos sábados, domingos e feriados, de 11h30 às 15h30 (R$ 52,90 o quilo). Aos domingos, em especial, com música ao vivo.

Outro destaque é o rodízio de pizzas servido todos os dias, de 18h à meia-noite, pelo valor de R$ 36,80 por pessoa. A casa oferece mais de 30 sabores de pizzas, que são preparadas com ingrediente de qualidade e assadas em forno a lenha, com o padrão de serviço da pizzaria Donna Margherita.

No cardápio de bebidas o Chopp Brahma e as cervejas de garrafa são os carros-chefe do Bar da Esquina, que também inclui vinhos, espumantes, destilados, sucos, água e refrigerantes.

Música no Bar

Tradicional endereço também de música há mais de 50 anos, com samba de raiz e chorinho, o Bar da Esquina mantem até hoje uma agenda movimentada de música ao vivo de quinta a domingo, resgatando a expressão mais autêntica da cultura musical brasileira. Nas quintas, sextas e sábados a música é sempre à noite, e aos domingos, na hora do almoço.

Fundado em 1959

Localizado numa movimentada esquina da capital mineira, entre as ruas Sergipe e Timbiras, em frente à Igreja da Boa Viagem, o Bar da Esquina foi fundado em 1959 num elegante casarão estilo art déco construído em 1902, local que abrigou a primeira cervejaria de Minas Gerais, a Rhenâmia. Desde a sua inauguração, o Bar da Esquina acompanhou o crescimento da cidade e tornou-se um tradicional ponto de encontro de artistas, músicos, jornalistas, poetas, políticos e personalidades que marcaram a história de Belo Horizonte.

Em 2013, o Bar da Esquina passou por uma caprichosa reforma e ampliação. Foi reinaugurado com ampliação do espaço e novidades nas instalações e ambiente, que ao mesmo tempo preservaram todo o charme do lugar. Permanecem o piso de ladrilho hidráulico e as grandes portas. A fachada do prédio foi recuperada e preservada. O bar agora tem dois andares, e a capacidade total é para até 300 pessoas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA