Capa: Na contramão da crise

Como a Ajinomoto Food Service conseguiu crescer 30% em meio a um cenário de instabilidade econômica

Crescimento. Esse fator é muito buscado por empresas de todos os ramos e dos mais diferentes portes ao redor do globo. No entanto, nem sempre há um ambiente que seja propício para que isso, de fato, aconteça, e seja capaz de fazer com que uma marca permaneça sólida no mercado por muitos e muitos anos, cativando um número cada vez maior de consumidores.

A crise financeira que atingiu o Brasil nos últimos tempos é um exemplo de obstáculo para que muitas marcas possam se expandir e conquistar ótimos frutos por meio disso. Ao longo dos anos, o país viu crescer alguns maus indicadores e viu, ainda, diminuir outros bons. Empresários de diversos segmentos se preocuparam em buscar uma saída para que os seus negócios se mantivessem com êxito, seguindo sem prejuízos.
Uma organização que se saiu muito bem durante o período de crise, período este que apresentou tantos entraves que vêm sendo comentados por especialistas e consumidores diariamente, foi a Ajinomoto Food Service (divisão da Ajinomoto do Brasil dedicada à alimentação fora do lar).

A marca viu diante dela o desafio de manter a sua rentabilidade em uma época de dificuldades econômicas.
Um dos obstáculos foi justamente o fato de a empresa contar com um negócio que está diretamente relacionado à diversão, como restaurantes, bares e lanchonetes.
Mesmo assim, a organização registrou um aumento de 30% no seu faturamento entre o mês de abril de 2013 e o mês de março de 2016. A empresa aponta como alguns dos responsáveis para que isso acontecesse a comunicação direta com clientes e, ainda, o catálogo de produtos versáteis. E os bons resultados e números bastante positivos não param por aí.
“Aumentamos o tamanho dos nossos negócios cerca de dez vezes nos últimos dez anos, crescendo na casa de dois dígitos anualmente. Nossa penetração de mercado também aumentou bastante e, através de pesquisas internas, cerca de 85% dos operadores já reconhecem a Ajinomoto Food Service como um provedor de soluções profissionais para o mercado de alimentação. Mesmo no período de dificuldade na economia, mantivemos nosso ritmo acelerado, não reduzimos os investimentos e, hoje, naturalmente, entendemos que adotamos a estratégia mais eficiente”, diz Eduardo Bonelli, gerente de marketing da divisão.

“O mercado food service no Brasil é bastante pulverizado, diversificado em ofertas de produtos e canais de distribuição. Ser dinâmico neste ambiente competitivo exige que sua marca seja relevante, resolva problemas existentes ou agregue diferenciais ao seu cliente”, ressalta Eduardo Bonelli, gerente de marketing da Ajinomoto Food Service

De acordo com o profissional, é preciso enxergar a crise como oportunidade, identificando as necessidades que as dificuldades apresentam. Para Bonelli, é somente dessa maneira que as pessoas passam a vivenciar um ciclo que é positivo, encontrando oportunidades para que elas possam crescer e também se superar no âmbito profissional. “Disseminar essa mentalidade aumenta o grau de maturidade do negócio e sucesso dos seus profissionais”, destaca ele.

Reposicionamento
A partir do ano de 2015, a Ajinomoto Food Service passou a contar com um novo posicionamento: “ouvir para evoluir juntos”. Essa atitude foi uma parte da estratégia de aproximação com chefs de cozinha e com donos de estabelecimentos. Desde essa época, para que a organização pudesse atender de maneira ainda melhor esse público, ela reforçou o serviço de consultorias gratuitas a respeito da gestão de negócios e de dicas para profissionais de gastronomia e nutrição. Além disso, o site da divisão (www.ajinomotofoodservice.com.br) também recebeu o passo a passo de receitas profissionais, que contam com porções maiores de ingredientes. Isso aconteceu após os clientes relatarem que eles tinham dificuldades para encontrar essas informações.
“A atuação da Ajinomoto Food Service é como uma via de mão dupla. Percebemos que nossos clientes possuem papel fundamental em nossos negócios, por isso também apostamos na qualificação do mercado”, afirma Bonelli.

Atuação
Aliás, quando o assunto é a atuação da Ajinomoto Food Service, Bonelli destaca, ainda, que a empresa construiu alicerces consistentes. “A Ajinomoto Food Service construiu uma base sólida e uma filosofia de trabalho voltada para nosso cliente final. Ao sermos claros em nossa missão no mercado brasileiro, conseguimos ser diferenciados e firmamos um relacionamento duradouro com todos os nossos clientes e distribuidores. Consequentemente, quando oferecemos valor aos nossos clientes, criamos oportunidades de desenvolver as melhores soluções para o dia a dia dos operadores”, destaca ele a respeito do assunto.

No entanto, chegar a resultados tão positivos não é, de fato, uma tarefa fácil para as empresas. É necessário que se tenha muita dedicação, estudos, entre outras características que, juntas, levam as organizações ao êxito. Conforme Bonelli destaca sobre o tema, o segmento de food service proporciona desafios novos e, além disso, desafios que são, muitas vezes, diferentes. O profissional cita alguns dos que são mais marcantes na companhia.
“Entre os mais marcantes está triplicar o nosso portfólio de produtos em um período de três anos, em que o engajamento de todos os envolvidos e a velocidade de desenvolvimento foram cruciais. No entanto, definir as estratégias sobre o melhor modelo de distribuição e sua execução foi mais desafiador, afinal, somos uma empresa com um modelo de distribuição único e referência no varejo brasileiro, exigindo buscarmos um modelo de excelência muito próximo no food service”, ressalta o executivo.

Dessa forma, diante de um quadro que apresenta vários desafios, é preciso contar com boas soluções. E, quando se fala em superar os obstáculos para alcançar o sucesso tão almejado, Bonelli ressalta a importância das pessoas, do trabalho em equipe, para que as coisas deem certo de fato, proporcionando, dessa maneira, bons frutos para a organização.
“Negócios de sucesso são feitos por pessoas. Muitos profissionais colaboraram para o desenvolvimento do que a Ajinomoto Food Service é hoje. Com trabalho em equipe e comprometimento dos envolvidos, conseguimos superar todos os desafios que um novo negócio apresenta e nos estabelecemos como uma das referências dentro da empresa mundialmente”, frisa ele.

A valorização de cada conquista alcançada pela Ajinomoto Food Service é outro fator mencionado por Bonelli a respeito da atuação da empresa e do que vem gerando bons frutos à marca. De acordo com ele, essa é uma característica bastante presente na organização e que faz realmente toda a diferença. O profissional também cita os clientes e a satisfação que eles têm tido como bastante importantes em todo esse processo, além da valorização de cada etapa do empreendimento.
“Valorizamos cada conquista, cada novo cliente, cada elogio nas redes sociais e cada estágio do nosso negócio. Nos últimos dez anos, todo ano superamos nosso recorde de vendas, o que significa que temos mais clientes satisfeitos e felizes com nossos produtos e prestação de serviço. Essa é a verdadeira conquista a ser celebrada”, ressalta o executivo.

E, por falar na importância da valorização do cliente, Bonelli relata que a empresa toma uma série de medidas para que ela possa garantir a qualidade dos seus produtos. Segundo o profissional, fazem partes dessas medidas alguns estudos, por exemplo.
“Realizamos diversos tipos de pesquisa e avaliações periódicas, visando garantir que nossos produtos entreguem um benefício claro e superior aos que já existem no mercado.
Colocamos o operador no centro do nosso negócio, assim podemos ter uma filosofia adequada para atender a todas as suas necessidades em produtos e serviços”, diz ele.
Aliás, essas pesquisas e avaliações periódicas são de muita importância, ainda mais no cenário estabelecido atualmente, em que acontece uma série de transformações – e que essas transformações são, de fato, bem ágeis quando se compara a épocas passadas. Conforme Bonelli ressalta a respeito do assunto, isso impacta diversos empreendimentos. O executivo destaca, ainda, que o mercado está cada vez mais competitivo e que é preciso entender o consumidor de maneira ampla.
“Entendemos, cada vez mais, que o consumidor está mudando rapidamente, e os impactos dessas mudanças afetarão estruturalmente diferentes negócios. Com acesso a uma oferta de produtos e serviços cada vez maior, nosso desafio é atender plenamente as expectativas dos nossos clientes. Quem entender mais profundamente os seus clientes, melhor atendendo suas expectativas durante sua jornada de compra, terá maior chance de conquistar sua fidelidade”, pontua ele.

Além disso, para se destacar atualmente no mercado, Bonelli frisa, ainda, que é necessário ser dinâmico, o que exige determinadas características de uma marca. Nesse quadro, saber se adaptar é também de grande relevância, segundo ele.
“O mercado food service no Brasil é bastante pulverizado, diversificado em ofertas de produtos e canais de distribuição. Ser dinâmico neste ambiente competitivo exige que sua marca seja relevante, resolva problemas existentes ou agregue diferenciais ao seu cliente. Para realizar isso, é necessário ter parcerias sólidas e muita flexibilidade para se adaptar às diferentes mudanças de rota”, ressalta o profissional sobre o tema.

Trabalho
Quando se fala em uma empresa que trabalha com alimentos, como a Ajinomoto Food Service, diversos são os cuidados que se deve ter em relação aos seus processos e aos seus produtos, pois uma falha pode gerar danos que, muitas vezes, podem até mesmo ser irreparáveis para uma organização.

Bonelli cita também algumas estratégias que, de acordo com ele, apesar de serem bastante utilizadas, não costumam gerar bons resultados para os empreendimentos. E quais seriam, então, os principais cuidados em relação ao assunto, de acordo com o profissional?
“Atender a legislação vigente e processos de certificação de qualidade são condições básicas. Todavia, na área de alimentos, o entendimento das necessidades e tendências exige grande esforço das empresas, principalmente no food service, onde os produtos são utilizados para refeição comercial. Muitas empresas adotam a estratégia de copiar produtos com alto volume de venda, buscando o menor custo e preço. Essa é uma estratégia equivocada, insustentável e que não cria valor para o cliente. A cadeia de valor da empresa deve estar preocupada em oferecer valor ao cliente em todas as etapas”, diz ele.

E, no caminho de sucesso de uma empresa, sempre ocorrem os aprendizados, que fazem com que ela cresça ainda mais e conquiste e fidelize cada vez mais consumidores ao longo do tempo, tornando-se uma ótima referência no mercado. Bonelli relata alguns desses aprendizados conquistados pela Ajinomoto Food Service, como aqueles que dizem respeito ao planejamento e também aos relacionamentos.
“A execução de um modelo único e diferenciado exige planejamento de longo prazo e convicção nos seus objetivos. No food service, isso é ainda mais forte, pois os relacionamentos precisam ser baseados em parcerias e relações comerciais verdadeiras e transparentes. Respeitamos as diferentes estratégias, mas acreditamos que como se faz negócio é tão importante quanto o resultado”, cita o profissional.

Já quando o assunto é o futuro, a Ajinomoto Food Service deve aumentar 65% os seus investimentos em marketing até o ano de 2020, com o desenvolvimento de serviços e novos modelos de negócios. Bonelli ressalta, ainda, a atitude da organização perante as necessidades dos envolvidos com ela.
“Continuaremos investindo para o desenvolvimento do mercado através de novos produtos e especialização da nossa equipe. Seremos uma empresa cada vez mais sensibilizada com as necessidades dos nossos clientes e parceiros verdadeiros com quem evoluiremos juntos”, afirma o profissional.

Experiência
Sobre a sua experiência profissional, Bonelli conta que ele iniciou na área de food service há aproximadamente 16 anos. Durante todo esse período em que atua no segmento, o executivo passou por vários setores, conforme ele relata na entrevista para a Food Service News. Já na Ajinomoto, a trajetória de Bonelli teve início há cerca de uma década, por meio de um convite que foi feito para ele atuar na organização.
“Iniciei em food service há cerca de 16 anos, passando ao longo do tempo pelas áreas de vendas, trade marketing e marketing. Minha história na Ajinomoto começou há cerca de 10 anos, quando fui convidado para fazer parte do desenvolvimento da área de food service”, relata ele.

O profissional também conta que passou por desafios ao longo da história dele na empresa, que contribuíram bastante para a sua trajetória, como relata ele, auxiliando o seu desenvolvimento de uma maneira ágil. Bonelli também fala a respeito da atuação dele atualmente na organização.
“Criar uma área de negócio desde o início é naturalmente um grande desafio, mas, com planejamento e visão de longo prazo, o desafio se torna uma oportunidade única. Todos os aprendizados e conquistas fazem seus dias não terem rotina – promovendo crescimento rápido e acelerado. Atualmente, sou responsável por toda a área de marketing food service, liderando o desenvolvimento de produtos atuais e lançamento de novos produtos”, pontua ele.

Para o executivo, trabalhar na área é algo gratificante, dadas as características que o segmento possui, inclusive no que diz respeito à oportunidade de levar mais qualidade de vida para as pessoas.
“Trabalhar com food service é apaixonante, pois é um mercado dinâmico e que oferece muitas oportunidades. Diferentemente do varejo, as fontes de informação de mercado são limitadas, exigindo dos profissionais criatividade e alta capacidade de análise. Ao mesmo tempo, é prazeroso, pois alimentação é vida. Poder contribuir de alguma forma para uma melhor alimentação das pessoas não tem preço”, ressalta o executivo.

Otimização
A Ajinomoto Food Service possui em seu portfólio itens que tornam possível a diversificação do cardápio, que vão desde o tempero Sazón profissional ao purê de batatas. Os produtos da marca também ajudam na redução do desperdício, o que é um fator indispensável na gestão de qualquer empreendimento que atua no segmento de alimentação.
Para se ter uma ideia do quanto esse fato é relevante e dos resultados positivos que ele gera para as empresas, apenas no ano de 2016, houve uma redução de cerca de 1,9 milhão de quilos em resíduos orgânicos, como cascas e sobras, devido ao uso dos itens da marca.
“Nosso portfólio oferece soluções para otimização de processos na cozinha e possibilita a personalização de diversas receitas, desde especialidades árabes até a tradicional feijoada (as receitas podem ser encontradas no site da marca)”, explica Bonelli.
Hoje, a Ajinomoto Food Service conta com a liderança absoluta na categoria de temperos com os produtos Tempero Sazón, que têm 84% de market share, e sabor a MI®, que possui 98%.

Websérie
A Ajinomoto Food Service também tem investido em um projeto bastante especial, patrocinando-o: a websérie intitulada Aromas da Terra, exibida semanalmente no YouTube, e que conta, em sua primeira temporada, com 20 episódios. O programa apresenta a cozinha temperada com histórias boas e relevantes.
O projeto é algo inédito. Participam do conteúdo pequenos produtores e renomados chefs de cozinha. O programa ressalta a importância dos ingredientes e traz os pequenos produtores como protagonistas dos bastidores de produção que compõem os cardápios de grandes profissionais do segmento de gastronomia no Brasil.

O apresentador da websérie é o chef Marcelo Malta, que é mestre em Tecnologia, Gestão e Educação da Gastronomia. Já a direção e o roteiro ficam a cargo de Joaquim Lino. O conteúdo tem, ainda, participações especiais de chefs de grande nome, como Rodrigo Oliveira, Eudes Assis, Ivan Ralston, Marcelo Bastos, entre outros. Os produtores são Patrick Assumpção (da Fazenda Coruputuba), David Ralitera (da Fazenda Santa Adelaide Orgânicos), Wilma Spinosa (do Vingare Spinosa), Felipe Januzzi (do Gim Virga).
A websérie conta com conteúdos exclusivos a respeito da origem, do cultivo, do papel social e econômico e curiosidades histórico-culturais dos itens alimentícios que chegam às cozinhas do Brasil.

Para que as pessoas possam entender toda a dimensão afetiva e cultural dos alimentos, o programa apresenta alguns ingredientes, bem como as suas técnicas de produção. Exemplo disso são o vinagre de caju, a farinha de milho artesanal, o gim com receita brasileira, as fazendas de mexilhões e de orgânicos, a pesca artesã, entre outros.

E tem mais: a websérie não conta apenas com os 20 episódios na primeira temporada, mas, ainda, com pílulas semanais de conteúdo inédito. Elas trazem os bastidores das gravações no quadro “Diário de Bordo”, curiosidades a respeito de cada prato preparado pelos renomados chefs no “Menu de Histórias”, receitas exclusivas no “Tá na Mesa” e depoimentos dos chefs, que falam mais sobre sua trajetória no quadro “Quem é o Chef”.
A websérie Aromas da Terra é publicada toda terça-feira no site www.aromasdaterrabrasil.com.br

Ajinomoto do Brasil
A Ajinomoto do Brasil está presente no país desde o ano de 1956. A empresa é empenhada em oferecer itens de qualidade para o consumidor e insumos para as indústrias alimentícia, farmacêutica, cosmética, esportiva, de nutrição animal e agronegócios.
Hoje, a unidade do Brasil é a terceira em importância do Grupo Ajinomoto fora do Japão, ficando atrás somente da Tailândia e dos Estados Unidos.

A linha de itens da organização destinada ao consumidor conta como tempero umami AJI-NO-MOTO®, AJI-SAL®, Tempero SAZÓN®, Caldo SAZÓN®, RECEITA DE CASA™, HONDASHI® e SABOR A MI®. No portfólio da marca também consta a linha de sopas cremosas e claras VONO® Chef.

Outros destaques são os refrescos em pó MID® e FIT™ Zero Açúcar e os produtos da marca SATIS!®, que contam com molho shoyu e as linhas Tempera e Empana, Tempera e Dá Molho e Tempera e Dá Liga.
No Brasil, a empresa também atua no segmento de alimentação fora do lar.

A marca conta com quatro unidades fabris, que ficam localizadas nas cidades de Limeira, Laranjal Paulista, Valparaíso e Pederneiras, todas no estado de São Paulo, e uma sede administrativa na capital.
Ao todo, são três mil colaboradores. A organização atende tanto o público interno quanto externo.

A Ajinomoto é a maior produtora de aminoácidos de todo o mundo. A empresa, atualmente, opera em 30 países, conta com 118 fábricas e com cerca de 33 mil colaboradores no mundo. Para saber mais informações a respeito da organização, de seus produtos e atuação, basta acessar o site www.ajinomoto.com.br.

Segmento de food service
O setor de food service oferece um mix de itens que são versáteis, práticos e de alta performance em rentabilidade e rendimento para os estabelecimentos que são voltados para a área de alimentação fora do lar, como bares, hotéis, restaurantes, padarias, entre outros empreendimentos.

Entre os itens que são ofertados pela marca estão o realçador de sabor AJI-NO-MOTO®, os temperos HONDASHI®, SABOR A MI®, AJI-SAL®, Tempero e Caldo SAZÓN® Profissional, molhos branco bechamel e escuro demi-glace, amaciante de carne, molho e extrato de tomate, Satis!® molho shoyu, azeite de oliva extra virgem TERRANO™ e purê de batatas instantâneo.

O portfólio completo dos produtos comercializados pela organização pode ser acessado no www.ajinomotofoodservice.com.br. No site também é possível encontrar dicas de receitas para variar o cardápio e outras soluções para o dia a dia.

Ajinomoto Food Service
www.ajinomotofoodservice.com.br

Artigo anteriorEconomia: Juntos somos mais fortes
Próximo artigoTendência: Frescor do sabor havaiano
A redação da Food Service News através deste canal, pauta assuntos de cunho financeiro e informativo, nossas matérias abordam novidades do mercado, tendências, dicas e oferecem entrevistas exclusivas. Além disso, a revista está sempre inovando e antecipando tendências, trazendo um conteúdo indispensável para quem deseja investir e saber mais sobre o segmento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA