Mercado: Dando um gás no food service

Empresas do setor salientam formas de atuação no mercado e seus ganhos

Diversas atividades no food service dependem do gás. Sem ele, o básico, que é o preparo de vários alimentos, bebidas e produtos em geral, não seria possível. É por meio da utilização do gás que, também, muitos maquinários de fábrica e suas engrenagens funcionam. Logo, é fundamental não faltar esse item nos processos de fabricação de produtos. O food service conta com diversos fabricantes e revendedores de gás que oferecem solução para o setor.

Atuação

A Supergasbras atua no mercado nacional há 72 anos e pertence ao grupo SHV Energy, líder mundial na distribuição de Gás LP. Alexandre Baldotto, gerente corporativo de venda direta da companhia, diz que o Gás LP é um energético de queima limpa e completa (não gerando fumaça, particulados e fuligem), “sendo assim um parceiro ideal para as empresas do setor de food service que necessitam de alto controle de higienização e temperatura nos preparos dos alimentos”.

São várias utilizações nesse segmento. “Do aquecimento de água para higienização até a cocção dos alimentos, passando em alguns casos pelo preparo antecipado nas indústrias alimentícias, como nos casos das massas pré-cozidas. O food service conta com equipamentos a Gás LP como fornos, fogões, fritadeiras, churrasqueiras, chapas, entre outros”, informa o gerente corporativo.

Alexandre também conta que outra grande vantagem é que o Gás LP, diferentemente de outras fontes de energia, não atua como concessão ou monopólio de distribuição, tornando, assim, o mercado competitivo, beneficiando o consumidor final através da livre concorrência. “O setor alimentar é muito importante para nós, por isso é um segmento que sempre mantemos o foco na captação de novos clientes. Atualmente, atendemos as principais empresas do ramo e cozinhas industriais. Recentemente, assinamos bons contratos corporativos com grandes cozinhas industriais”.

Trabalho

alexandre baldotto
Alexandre Baldotto, da Supergasbras, diz que o Gás LP é um energético de queima limpa e completa (não gerando fumaça, particulados e fuligem), “sendo assim um parceiro ideal para as empresas do setor de food service”

A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) oferece diversas soluções a gás natural encanado. “Como principais vantagens do gás natural encanado, destacamos: fornecimento contínuo e ininterrupto; maior comodidade, por dispensar a gestão de estoque de botijão; pagamento após consumo; mais conforto na cozinha, pois o gás natural não falha e não acaba; melhoria da mobilidade urbana, por dispensar o uso de caminhões para entrega; melhoria do meio ambiente, por emitir menos poluentes na atmosfera; mais segurança – por ser mais leve que o ar, o gás natural dissipa-se com mais facilidade em caso de vazamento e não requer estocagem”, destaca Luiza Sales, gerente de marketing da Comgás.

Além de levar eficiência e produtividade, Luiza reforça que o uso do gás natural encanado oferece uma ampla possibilidade de uso de equipamentos, como fritadeiras, lava-louças, sistemas de aquecimento de piscinas, entre outros. “Por exemplo, os restaurantes podem aumentar a capacidade de atendimento aos clientes com a instalação de uma lava-louças a gás natural encanado, o que traz agilidade, segurança e economia no processo de higienização de louças e utensílios”.

Além de todos os benefícios mencionados, o empresário que deseja adotar o gás natural encanado em seu estabelecimento conta com uma consultoria exclusiva realizada por técnicos especializados da Comgás, que o orientam sobre as melhores soluções e aplicações, conversão de equipamentos e no projeto de construção da rede interna, selecionando o pacote de serviços ideal para o negócio, aliando eficiência energética ao melhor custo-benefício.

“O gás natural encanado ainda reduz o custo operacional do empreendimento, diminuindo gastos com manutenção, limpeza e compra de equipamentos antipoluentes”, complementa a gerente de marketing. A Comgás tem vários clientes no segmento.

Produção

“O Gás GLP (de cozinha) é o principal insumo de produção a ser considerado depois do próprio alimento. Ele é o responsável por manter a temperatura certa dos diversos equipamentos para a perfeita cocção e preparação dos mais diversos tipos de alimentos”, explica Vicente Longatti, gerente nacional comercial e empresarial da Copagaz.
Os resultados/evolução que as empresas têm obtido em utilizar esses gases são muitos.

vicente longatti
Vicente Longatti, da Copagaz, diz que o Gás GLP é o principal insumo de produção a ser considerado depois do próprio alimento

Vicente diz que os ganhos operacionais são certos, “pois com a redução do tempo entre cada partida ou lote fabricado é possível reduzir a quantidade de equipamentos para obter ganho de espaço físico ou mesmo aumentar a capacidade de produção com a instalação de mais equipamentos”. A qualidade visual dos produtos é outro ganho. “Os produtos têm aspecto homogêneo, uma vez que o Gás GLP tem sua combustão perfeita e uniforme, permitindo uma distribuição perfeita de temperatura nos equipamentos”, completa.
A Copagaz atende empresas do segmento de panificação, food service em shoppings, mais de novecentas pizzarias, esfiharias, hamburguerias, restaurantes, cozinhas industriais e fábricas de alimentação de bovinos, suínos e aves.

“A Copagaz ao instalar a central de GLP na empresa contratante passa a se responsabilizar pela manutenção preventiva periódica gratuita e ainda disponibiliza assistência técnica corretiva 24h, 365 dias por ano. Com sua diversidade de embalagens, tem na medida certa uma solução para cada tipo de cliente e para cada capacidade de consumo”, destaca o gerente.
A companhia é uma das cinco maiores distribuidoras e engarrafadoras de gás liquefeito de petróleo do país.

Gabriela Malta
Gabriela Malta, da Liquigás, frisa que outra grande vantagem do GLP é que ele proporciona homogeneidade de queima, e, consequentemente, regularidade no padrão de qualidade dos alimentos produzidos

Fornecimento

A Liquigás, empresa do Sistema Petrobras, fornece gás para uso doméstico e industrial em embalagens de 8, 13, 20 e 45kg, atendendo mensalmente em torno de oito milhões de residências, por meio de uma rede de aproximadamente cinco mil revendedores.
O GLP é uma das principais fontes energéticas do Brasil, chegando a 100% dos municípios brasileiros e a mais de 95% das famílias. A gerente de políticas comerciais granel (GPCG) da Liquigás, Gabriela Malta, reitera que é estratégico para o setor de food service sua utilização, pois além de atingir alta capilaridade, tem alto poder calorífico, excelente qualidade de queima e é mais limpo comparado aos demais combustíveis fósseis, visto que sua combustão resulta em baixa emissão de poluentes.

“Outra grande vantagem do GLP é que ele proporciona homogeneidade de queima, e, consequentemente, regularidade no padrão de qualidade dos alimentos produzidos. Outras fontes energéticas como a lenha, por exemplo, não queimam de forma homogênea e podem comprometer a qualidade final dos produtos e o padrão estabelecido pelo comerciante. Por possuir mais eficiência energética, o GLP também evita que ocorra desperdício de energia durante os processos”.

As empresas também ficam resguardadas por utilizar uma fonte de energia com disponibilidade em todo o país e de fácil transporte, sem precisar de gasodutos ou redes complexas para conectar o gás ao seu estabelecimento. Essa facilidade evita que um comércio ou uma indústria de alimentos sejam surpreendidos com a falta de energia em horários de produção ou pelo recebimento da lenha ou do carvão úmidos ou até mesmo com sujeira. A praticidade para se utilizar o GLP também merece destaque.

“A instalação das centrais de GLP é feita pela própria Liquigás, sendo o processo muito rápido e limpo. O empreendedor começa a utilizar o gás em seu processo produtivo de forma quase que imediata após a contratação. A logística de abastecimento é gerenciada pela Liquigás, assim como a manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos da central de GLP. Dessa forma, o empresário não tem que se preocupar com reabastecimentos ou disponibilidade da energia”.
Gabriela relata que a Liquigás atende diversas empresas do setor de food service.

SUPERGASBRAS
www.supergasbras.com.br
COMGÁS
www.comgas.com.br
COPAGAZ
www.copagaz.com.br
LIQUIGÁS
www.liquigas.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA