Investimento indispensável

Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que até 2020, depressão deverá ser a doença mais incapacitante do mundo; empresas trabalham ações para levar qualidade de vida aos seus colaboradores

EDITORIACAPA
depressão

No ano passado, mais de 75 mil pessoas foram afastadas dos seus empregos por causa da depressão. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), esta será a doença mais incapacitante do mundo até 2020. Muitos dos casos estão relacionados ao dia a dia dentro das próprias organizações. Sendo assim, vários locais têm se preocupado bastante com a saúde mental dos seus colaboradores e têm criado ações que contribuem para o bem-estar deles.

Segundo Fatima Trindade, Vice-Presidente – Executive Search da Thomas Case & Associados, consultoria que conta com 40 anos de mercado, o bem-estar dos colaboradores reflete diretamente no sucesso do negócio. “Sem os funcionários nada se consolida”, frisa ela. Por isso, para a profissional, é importante que se busque sempre um bom clima organizacional, que se cultive o desenvolvimento e a atualização dos colaboradores por meio de cursos e de workshops e que também se reforce plano de carreira, pois isso irá motivar o profissional a se superar frequentemente. Essas ações, segundo Fátima, “geram comprometimento dos funcionários, senso de pertencimento e trabalho desenvolvido com satisfação e boa performance”.

Para a profissional, o afastamento dos colaboradores por fatores como estresse e ansiedade se deve, principalmente, à insatisfação no desempenho das suas atividades, falta de perspectiva de crescimento e clima organizacional. “Estar sempre atento aos profissionais é um ponto crucial para a satisfação e bons resultados da instituição”, destaca ela.
Dessa forma, de acordo com Fatima, é muito importante que as empresas tenham sempre proximidade e abertura para ouvir cada um de seus colaboradores, que deem treinamento para que haja a melhoria da performance e que aumentem a comunicação, informando os objetivos da empresa e, ainda, incentivando a iniciativa e a criatividade. Mas, diante disso, existem os desafios. “Ter intenção real de dispor do seu tempo para atuar como mentor, auxiliando o profissional a ser comprometido, a se atualizar com cursos, enfim, querer se superar constantemente”, destaca ela.

Qualidade de vida

Pensando na qualidade de vida dos seus colaboradores, a Itambé, conforme destaca Cristianne Cota, diretora de Gente e Gestão da empresa, criou o programa Itambé Volta ao Mundo. O maior objetivo, segundo ela, era incentivar as pessoas a deixarem de lado o sedentarismo e promover os hábitos que são saudáveis, isso em todos os níveis hierárquicos. “Ao longo de 12 meses, 140 colaboradores se dispuseram a superar os próprios limites e começaram a praticar atividades físicas, sejam caminhadas ou corridas”, diz. “O programa Volta ao Mundo foi muito bem recebido. Tanto que começamos com 140 colaboradores e na nossa última edição da corrida, que aconteceu no dia 4 de março, tivemos mais de 230 participantes entre colaboradores e convidados em Belo Horizonte, fora caminhadas informais que as unidades fabris organizaram em outras cidades. Em 2017, o projeto já conta com mais de 330 colaboradores participantes”, afirma.

De acordo com ela, a empresa pensou em ações que promovessem a saúde e o bem-estar das pessoas e que elas pudessem praticar por conta própria. Foi assim que uma forte adesão surgiu, já que os colaboradores, como ela frisa, têm a possibilidade de participar de um projeto corporativo com os seus familiares e amigos. “O programa Volta ao Mundo é um ‘combate’ ao sedentarismo e incentivo aos hábitos mais saudáveis. Pensamos na qualidade de vida e no bem-estar dos nossos colaboradores”, salienta ela. “Estamos lidando com um mercado cada vez mais competitivo e, por isso, é importante termos uma válvula de escape para liberar essa energia. O exercício físico ajuda a aliviar a tensão e nos dá mais disposição”, ressalta.

Com o projeto, segundo Cristianne, foi criado um clima agradável. Os colaboradores se integraram de uma forma surpreendente, de acordo com a profissional, em busca de práticas saudáveis e de qualidade de vida. Eles levaram o otimismo além dos corredores e das linhas de produção. “O principal desafio para nossa equipe é manter o engajamento desses participantes, a fim de que tenhamos um grupo, de fato, focado. Além disso, outro desafio é fazer com que os participantes tenham sempre em vista que, mesmo sendo um projeto em grupo, a meta é individual: a mudança de vida para hábitos saudáveis e prática de atividades físicas regulares”, diz ela, que finaliza explicando como a empresa enxerga os seus colaboradores. “Vemos nossa equipe como um time de colaboradores engajados, aderentes a nossa cultura e ao Jeito de Ser Itambé. Percebemos pessoas com atitude de dono, focadas no detalhe, disciplinadas e determinadas. Uma empresa formada por pessoas, que sustentam uma marca forte e de reconhecimento no mercado”.

Satisfação

superbom
“Estresse e ansiedade são tão ruins para o colaborador quanto para a empresa. A ausência do colaborador gera um desconforto para ele mesmo, bem como para a equipe de trabalho dele” afirma David Oliveira, gerente de marketing da Superbom

Sentimento de muita satisfação em todos os que recebem os benefícios. De acordo com David Oliveira, gerente de marketing da Superbom, esse é o resultado das ações da empresa, que visam o bem-estar dos colaboradores. A organização, como ele destaca, conta com as seguintes iniciativas: “treinamentos de reciclagem e/ou capacitação custeados pela empresa; auxílio-estudo com apoio de “x%” do valor da faculdade ou especialização (o valor varia de 20% a 50%); café da manhã gratuito na empresa; durmódromo para homens e mulheres aberto antes do expediente para quem chega mais cedo no turno de trabalho e nos horários de almoço; ginásio, sala de jogos e miniacademia disponíveis no horário de almoço; campo de futebol e ginásio disponível para os colaboradores se recrearem após o expediente; playground, campo de futebol e ginásio disponível para os colaboradores se recrearem com seus familiares aos domingos”.

De acordo com ele, o objetivo sempre foi o de oferecer um ambiente de trabalho amistoso, onde todas as pessoas possam, de fato, sentir-se bem e, dessa forma, trabalhar mais felizes. Como resultado disso, há o maior comprometimento com o padrão de qualidade presente na Superbom e, ainda, um alinhamento maior com os ideais da organização. “Estresse e ansiedade são tão ruins para o colaborador quanto para a empresa. A ausência do colaborador gera um desconforto para ele mesmo, bem como para a equipe de trabalho dele. Nossos gerentes e coordenadores são orientados a acompanhar de perto seus liderados e a garantir que todos estejam satisfeitos em seus postos de trabalho”, afirma ele. “Além das iniciativas já citadas, todos colaboradores da Superbom têm livre acesso a duas frentes importantes do termômetro da Superbom: a CIPA e o GRÊMIO, cada um focado em uma área diferente (CIPA: segurança e GRÊMIO: benefícios), ao ouvir nossos colaboradores nessas duas esferas, conseguimos medir como está o nível de satisfação deles e o que pode ser feito para melhorar”, salienta.

No entanto, nesse processo, existem os desafios que precisam ser superados. De acordo com Oliveira, são eles o acompanhamento constante e sempre estar disposto a ouvir e também a aperfeiçoar, uma vez que os tempos, as pessoas e as necessidades mudam. “Nossos colaboradores são nossa energia, energia para criar, para inovar, para aperfeiçoar, enfim, são pessoas que querem oferecer o melhor para suas famílias e realmente acreditam que aquilo que eles ajudam a fazer vai contribuir para a saúde de milhares de famílias brasileiras. Equipamentos e tecnologias são fundamentais; profissionais motivados e qualificados são vitais”, ressalta.

Iniciativa

Outra empresa que conta com ações para o bem-estar de seus colaboradores é a Forno de Minas. Segundo Juliana Oliveira, gerente de Recursos Humanos e Gestão da empresa, no ano de 2016 foi lançado o programa de qualidade de vida chamado + VIDA. São diversos projetos que compõem o programa, como, por exemplo, o Perca Peso Ganhe Vida e os Grupos de Doenças Crônicas. “Os colaboradores sempre nos passam um retorno muito positivo das ações. No projeto Perca Peso Ganhe Vida, tivemos 30% de adesão. Já nos Grupos de Doenças Crônicas, 100% dos colaboradores inscritos participam dos encontros. É possível observar melhoria no clima entre os colaboradores e aumento da satisfação pessoal e, consequentemente, com o trabalho”, afirma.

Conforme a profissional explica, o projeto Perca Peso Ganhe Vida foi estruturado após a observação de que 80% dos colaboradores da empresa eram sedentários, sendo que 15% eram obesos. Com o projeto, o colaborador se inscrevia, de forma voluntária, em uma saudável disputa, cuja vitória ficava por conta daquele que eliminou mais peso durante o período. “Foram realizadas palestras sobre alimentação saudável e foram implementadas mudanças no cardápio do restaurante da empresa. Além disso, a empresa promoveu encontros na praça, sob a supervisão de uma equipe de educadores físicos que promoviam atividades com os colaboradores. O vencedor foi premiado ao fim do projeto, mas a ideia de incentivar a prática de atividade física e melhorar a qualidade da alimentação dos colaboradores permanece. A Forno de Minas também realiza a Semana da Saúde. Como uma espécie de SIPAT da saúde, essa semana é voltada para discutir e apresentar temas relevantes para a saúde do colaborador. Nessa semana foram abordados temas como: alimentação saudável, hipertensão, saúde da mulher (câncer de mama), planejamento familiar e álcool e drogas. O Grupo de Doenças Crônicas acompanha todos os colaboradores hipertensos ou diabéticos. São promovidos encontros trimestrais para acompanhamento e orientação desse grupo. Essa ação visa facilitar o controle das doenças crônicas mais comuns e responsáveis por grande parte das complicações dos pacientes”, diz ela.

Segundo Juliana, essas ações promovidas pela empresa são fundamentais para o compartilhamento de informações com os colaboradores. Dessa forma, eles poderão buscar meios de manter a própria saúde e, assim, aumentar a qualidade de vida. “O Perca Peso Ganhe Vida foi um projeto muito abrangente, pois mesmo os colaboradores que não estavam diretamente inscritos no programa puderam usufruir dos seus benefícios, como a prática de atividade física na praça e as mudanças no tipo de alimentação ofertada pela empresa. Os eventos na praça eram abertos para a família dos colaboradores, ampliando ainda mais a importância do projeto. Esse projeto foi fundamental na conscientização dos colaboradores sobre os hábitos de vida diários. Já o Grupo de Doenças Crônicas possui importância ao proporcionar a troca de experiência entre os próprios colaboradores. Conduzido de forma dinâmica e envolvente, o grupo faz com que os próprios colaboradores busquem as respostas para suas demandas. Isso garante um aprendizado mais eficaz e duradouro. As mudanças nesse grupo são evidenciadas na melhoria do controle das doenças desses colaboradores”, diz.

A profissional ressalta que, atualmente, o estresse e também a ansiedade são grandes vilões e, sendo assim, a Forno de Minas entende a necessidade de se criar mecanismos para minimizar o efeito causado por isso. A empresa possui uma área de convivência, que conta com espreguiçadeiras e mesas de jogos como, por exemplo, totó e ping pong, para que o colaborador possa descansar física e mentalmente. Além disso, há também um grêmio recreativo dos colaboradores, que promove ações e eventos que são motivacionais.

“Entender quais as necessidades e anseios do colaborador é o primeiro passo para que possamos promover satisfação no trabalho. Para isso, é necessário ouvir o colaborador e tentar atendê-lo da melhor forma possível. É importante que o trabalho gere prazer e orgulho. Nesse sentido, a Forno de Minas desenvolve programas que estimulam a participação do colaborador na história da empresa: pesquisa de clima organizacional, pesquisa de engajamento, bate-papo com a diretoria, programa de ideias, concursos para os colaboradores e para a família, campeonatos. A empresa tem como política comemorar os resultados positivos com os colaboradores, além de celebrar as datas especiais. Todo ano, temos a oportunidade de reunir os colaboradores em um encontro da família, realizado na sede da empresa, como forma de agradecer pelo comprometimento não só do colaborador, mas de sua família também. Outro programa de grande relevância é a Ouvidoria, um canal de comunicação entre empresa e colaborador que é confidencial, onde ele tem liberdade de falar sobre qualquer assunto de seu interesse”, ressalta.

Para que isso seja uma realidade dentro da empresa, um dos principais desafios, de acordo com Juliana, é promover um relacionamento transparente entre o líder e o liderado, baseado na confiança. Sendo assim, como ela destaca, a empresa investe em programas de desenvolvimento de lideranças, “estabelece canais e ferramentas de comunicação para que o diálogo seja aberto e transparente, disponibiliza ferramentas de gestão de pessoas para apoiar os gestores no desenvolvimento de suas equipes e, recentemente, implantou um novo modelo de gestão estratégica que envolve todas as áreas na gestão dos processos e resultados da empresa. Isso gera um maior engajamento e comprometimento de todos os colaboradores”, afirma. “Nas pesquisas de clima realizadas pela Forno de Minas, o maior índice de satisfação apresentado pelos colaboradores é o orgulho de fazer parte da empresa. Acreditamos que nossos colaboradores fazem parte e contribuem para a construção da história da empresa, reconhecem a importância do seu trabalho para o resultado do negócio e são totalmente comprometidos”, finaliza.

Qualidade

Prezar sempre pela qualidade do trabalho. De acordo com a Master Chicken, franquia de frango americano no balde, essa é uma realidade dentro da empresa. Pensando nisso, algumas ações são realizadas pela organização. Os colaboradores contam, segundo a empresa, por exemplo, com escritórios que são modernos e equipados com cadeiras confortáveis e iluminação adequada; há, ainda, a visita de uma fisioterapeuta, feita duas vezes na semana, que ministra aulas de alongamento para a equipe.

“Trouxemos essas ideias de outras empresas, que já fizemos parte no passado. Nós, da diretoria da empresa, gostamos muito desse tipo de exercício matinal e também de uma estrutura confortável para trabalho”, salienta a marca, que também ressalta a importância de cada uma das ações. “Escritório moderno e confortável: o funcionário que trabalha conosco dificilmente encontrará estrutura parecida em outro escritório da cidade, sendo assim, além de oferecermos um salário compatível com o mercado, temos essa vantagem, que faz com que o funcionário não procure outro local de trabalho. Alongamentos: sabemos que nossos colaboradores passam boa parte do dia dentro de nossa empresa, normalmente sentados. Os alongamento são importantíssimos para que não haja lesões ou dores lombares, também fazendo com que a empresa ganhe em benefícios por não perder um funcionário por questão de atestado médico”, diz.

Além disso, a marca também afirma que os colaboradores não são sobrecarregados de funções e que toda a diretoria é acessível às pessoas, permitindo uma grande interação e também um clima que é de amizade. Para a organização, essa estratégia é fundamental para que o colaborador não se sinta aprisionado à empresa.

Quando perguntada a respeito de como estimular as pessoas a trabalharem satisfeitas, a organização destaca que o passo mais importante é não deixar os pagamentos dos colaboradores atrasados. “Além disso, é importante criar oportunidades dentro da organização. Como a empresa ainda é jovem, muitas oportunidades aparecerão e ainda serão gerados diversos cargos importantes, sendo assim, quem hoje trabalha conosco tem que mostrar serviço e fazer valer essa oportunidade para assumir um cargo futuro. Isso também os motiva a trabalharem satisfeitos”, ressalta a marca, que conta, ainda, como enxerga os seus colaboradores. “Como parceiros e aliados importantíssimos para o crescimento da empresa”.

Benefícios

O grupo Sodexo é líder mundial em serviços de qualidade de vida, e a Sodexo Benefícios e Incentivos oferece uma série de vantagens para os seus colaboradores. Conforme destaca Rogério Bragherolli, diretor de Recursos Humanos da empresa, são oferecidos aos colaboradores os mesmos benefícios e serviços que os clientes e consumidores têm acesso: Sodexo Refeição Pass e Alimentação Pass (benefícios refeição e alimentação); fretado e vale-transporte; seguro de saúde, de vida e odontológico; Sodexo Apoio Pass (assistência psicológica, social, jurídica e financeira); Sodexo Gym Pass (acesso à uma ampla rede de academias no país); espaço qualidade de vida (oferece serviços de massagem, manicure, quiropraxia, lavanderia, alfaiate, podologia, terapia holística, acupuntura, engraxate, frutas e café da manhã, ginástica laboral); Summer Friday (cada funcionário tem o direito de escolher até 3 sextas-feiras para trabalhar meio período durante o verão); dia de folga na data do aniversário; pacote de boas-vindas (enviado para a casa do colaborador recém-contratado); grupos de afinidade (liderança feminina, LGBTs); biblioteca comunitária; Planejando o futuro (programa para profissionais com mais de 50 anos); Programa de previdência privada 4 para 1; Projeto Sodexo Vive (disseminação do conceito de qualidade de vida)”, cita ele.

rogerio-bragherolli
“Felizmente, nossos números relacionados a afastamento por estresse e ansiedade são baixos”, afirma Rogério Bragherolli, diretor de Recursos Humanos da Sodexo Benefícios e Incentivos

Conforme o profissional explica, todos os colaboradores têm o direito de usar esses benefícios citados, que fazem parte do pacote de qualidade de vida e estão inseridos no programa de gestão do capital humano da empresa, que, conforme ele ressalta, acredita que o bem-estar dos colaboradores é fator chave para o sucesso dos negócios.

“A maioria dos benefícios oferecidos aos nossos colaboradores também é ofertada aos nossos clientes através do portfólio de produtos. As demais ações de qualidade de vida foram desenvolvidas com base nas necessidades internas da empresa, identificadas através de nossas pesquisas de engajamento, grupos focais e sugestões dos colaboradores”, afirma ele. “Entendemos que esses benefícios fazem parte de um conjunto de ações para a melhoria da qualidade de vida, fator que impacta diretamente na produtividade dos profissionais. Nesse sentido, é fundamental compreender que a percepção de qualidade de vida é individual e influenciada por diversos fatores, sendo assim, nós oferecemos um conjunto personalizado e diversificado de ofertas que atende às necessidades específicas do nosso time e está totalmente alinhado ao propósito do nosso negócio de levar diariamente mais qualidade de vida a todos os nossos colaboradores, clientes e parceiros”, destaca.

Atitude

Quando se fala no estresse e na ansiedade, Bragherolli ressalta que é necessário investir em ações para que isso não seja uma realidade no dia a dia dos colaboradores. O profissional explica como isso se dá dentro da empresa. “Investir na capacitação contínua dos gestores para que lidem com suas equipes com proximidade a fim de terem um olhar atento e humano tanto para com seus pares quanto a respeito de sua equipe é fundamental para identificar e combater um cenário de estresse e ansiedade na organização. Outro ponto importante é o incentivo de hábitos saudáveis que contribuem para a prevenção dessas e até de outras doenças e também a orientação do colaborador que precisa de alguma ajuda especializada. Felizmente, nossos números relacionados a afastamento por estresse e ansiedade são baixos, pois investimos no programa de desenvolvimento de líderes e oferecemos internamente dois serviços de nosso portfólio de produtos que contribuem para combater o estresse e ansiedade internamente, que são o Sodexo Gym Pass e o Apoio Pass. O primeiro é um serviço que dá direito a uma ampla rede de academias no país de maneira bastante flexível; o segundo é um serviço de apoio preventivo e corretivo para melhorar a qualidade de vida dos colaboradores e também de seus familiares.

Com garantia de sigilo das informações e participação de profissionais de cada área contemplada, o serviço disponibiliza orientação (presencial ou por telefone, 24 horas, sete dias por semana) para: Orientação Psicológica – Apoio psicológico para crianças, jovens, adultos e para a família, como exemplo: dificuldades de aprendizagem, crises vitais, situações traumáticas, orientação vocacional e replanejamento de carreira, cuidados com pessoas com deficiência e atendimento para o casal; Orientação Social – Orientação do grupo familiar em situações críticas e pesquisas de recursos comunitários, como informações sobre assistências sociais (óbitos, separações e outras fases que requerem adaptação), internações hospitalares, cursos gratuitos, remédios de alto custo distribuídos gratuitamente etc; Orientação Jurídica – Nas áreas penal, cível, previdenciária a tributária, como exemplo: crimes contra o patrimônio, honra e vida, incluindo situações de violência doméstica, dúvidas com contratos, compras, aposentadoria e impostos em geral; Orientação Financeira – Identificação das questões que geram endividamento e/ou orientação para reestruturação ou planejamento financeiro. Análise e estabelecimento de metas, estimativas, ações e prazos para assuntos relativos à quitação de dívidas, aquisição de bens, poupança, entre outros”.

Para que os trabalhadores possam atuar satisfeitos, o profissional ressalta que é importante trabalhar uma comunicação que seja eficaz e transparente, oferecendo um ambiente profissional desafiador, associado às melhores práticas de qualidade de vida. “Nossa organização apresenta um índice de engajamento superior a 90%, resultado de um trabalho árduo de transparência, comunicação e liderança e que possui o pacote de qualidade de vida como uma peça-chave da estrutura. Tudo isso é pautado em um dos nossos valores, o Espírito de Equipe, que nos impulsiona diariamente a ouvir, respeitar, apoiar, ser solidário e transparente com nossos colegas e com a organização. Nosso grande desafio é continuar a promover um ambiente profissional diferenciado e inovador que retenha e atraia nossos talentos”, diz. “A está presente em 80 países, possui 425 mil colaboradores, é a 19ª maior empregadora do mundo e a alta liderança, global e regional, entende que os colaboradores são o centro de tudo o que fazemos. Por esse motivo, proporcionamos internamente a vivência da mesma experiência que oferecemos para nossos clientes e consumidores através do portfólio de serviços de qualidade de vida”, afirma.

Melhorias

De acordo com Andréia Dutra, diretora de RH da Sodexo On-site, a prioridade da empresa é melhorar a qualidade de vida dos colaboradores. “Falamos sempre com muito entusiasmo sobre a melhoria da Qualidade de Vida dos usuários de nossos serviços, mas para que possamos evoluir nesse caminho, é preciso transformar palavras em ações concretas, começando com nossos próprios colaboradores, para que eles possam ter mais Qualidade de Vida em seu dia a dia. Em primeiro lugar, o objetivo das nossas iniciativas é simplificar a rotina dos nossos colaboradores. É fundamental poder resgatar a simplicidade e a agilidade. Em segundo lugar, precisamos preparar nossos colaboradores para o futuro, investindo continuamente no desenvolvimento pessoal de cada um. É muito importante para a Sodexo garantir que todos tenham a expertise necessária para atender às necessidades de nossos consumidores e clientes, e que possam crescer no nível pessoal”, destaca ela.

Andréia Dutra
De acordo com Andréia Dutra, diretora de RH da Sodexo On-site, a prioridade da empresa é melhorar a qualidade de vida dos colaboradores

“Entre várias ações que a Sodexo tem em benefício de seus colaboradores, existem algumas que destacamos: em nosso escritório Central de Porto Alegre, oferecemos um espaço de convivência diferenciado, para que os colaboradores possam relaxar durante o horário de almoço. Esse espaço conta com alguns jogos, como pebolim, tênis de mesa e videogame, e uma minibiblioteca com revistas e livros. Temos também a política de horário flexível e home office para as equipes dos escritórios, que permite aos nossos colaboradores equilibrar trabalho e vida pessoal. Pensando em nossos 32 mil colaboradores da operação, que trabalham dentro dos clientes, temos algumas ações diferentes, como, por exemplo, a Conversa do Dia, que traz temas importantes, que traz informações do cotidiano, saúde e bem-estar, até atualizações sobre processos da empresa. Todos esses colaboradores também recebem uma alimentação saudável e balanceada completa, incluindo café da manhã, almoço e lanche para todos os turnos. Além disso, há a política do dia livre para todos os nossos colaboradores operacionais e funcionais. A cada ano que o colaborador completa de aniversário de empresa, ele ganha um dia livre”, relata.

De acordo com ela, essas ações são recebidas de uma forma muito positiva por todos. A pesquisa de engajamento, segundo Andréia, vem melhorando seus índices a cada ano. “Neste ano, recebemos o prêmio ‘50 empresas mais amadas pelos colaboradores’ do site Love Mondays, que é resultado de uma avaliação feita por nossas equipes. Essa premiação é uma demonstração de que estamos no caminho certo e de que nossos colaboradores se sentem muito bem trabalhando conosco”, diz. “A Sodexo acredita que a oferta de Qualidade de Vida melhora a vida dos colaboradores e o clima organizacional das empresas. Nossas pesquisas internas comprovam que ela está diretamente ligada à produtividade dos colaboradores e, consequentemente, ao desempenho das empresas.

Todos as nossas ações são baseadas em nossas 6 dimensões da Qualidade de Vida, que foram identificadas a partir de um estudo global sobre o tema realizado pela Sodexo e que contemplam todos os nossos serviços e nossas ações que são aplicadas dentro da empresa para os colaboradores. São elas: Crescimento Pessoal, Interação Social, Reconhecimento, Saúde e Bem-estar, Ambiente Físico e Facilidade e Eficiência. Nossas ações internas foram planejadas com a participação de nossos colaboradores, que a partir de reuniões com seus gestores e pesquisas internas de engajamento podem comentar sobre o que está funcionando e o que precisa ser melhorado”, afirma.

A profissional destaca que a empresa enxerga que todas as ações são importantes, uma vez que através delas se apresentam times mais engajados, realizados e produtivos. Ela frisa que só é possível ser consultor de qualidade de vida quando se tem esse fator dentro de casa. Sendo assim, a organização busca desenvolver, pelo menos, uma ação de cada área com os colaboradores, estimulando o desenvolvimento de cada um e também o da Sodexo. “O estresse e a ansiedade estão ligados à baixa ou nula oferta de Qualidade de Vida – quando o trabalhador não consegue conciliar a vida profissional e pessoal, por exemplo, ele não consegue cuidar direito da saúde, não consegue relaxar e sempre estará cansado. Para evitar esse tipo de situação, a Sodexo possui políticas de home office e horário de trabalho flexível dentro dos escritórios, para que as pessoas possam equilibrar todas as áreas de sua vida. Nas operações, buscamos conversar com os colaboradores para escolher qual o melhor turno para eles e entender as suas necessidades e o que pode ser melhorado no seu dia a dia”, afirma.

Conforme a profissional frisa, quando a qualidade de vida é promovida e são oferecidos programas de saúde, planos de carreira, apoio a ações sociais em que se acredita, entre outros, o colaborador se sente parte da empresa, e isso o motiva a produzir mais. “Nossa missão é proporcionar o crescimento profissional, reconhecimento, e oferecer um ambiente agradável que promova o bem-estar de todos. Dessa forma, ganham as pessoas e por consequência a companhia. É como um ciclo: quanto mais for ofertado em termos de qualidade de vida, mais o colaborador devolve à empresa em termos de produtividade, engajamento, baixa no absenteísmo etc”, diz ela.

A profissional também ressalta que é necessário estar atento às necessidades e às aspirações que o colaborador tem, para, assim, adequar programar que contemplem a todos. “Nossos colaboradores são aqueles que movem o nosso negócio e a quem devemos, também, a posição de destaque que ocupamos no mercado”.

Artigo anteriorÀ Flor da Pele
Próximo artigoOdhen
A redação da Food Service News através deste canal, pauta assuntos de cunho financeiro e informativo, nossas matérias abordam novidades do mercado, tendências, dicas e oferecem entrevistas exclusivas. Além disso, a revista está sempre inovando e antecipando tendências, trazendo um conteúdo indispensável para quem deseja investir e saber mais sobre o segmento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA