FS Saúde: Proteção da cabeça aos pés

EPI´s estão cada vez mais atuantes no Brasil

Os chamados EPI´s (Equipamentos de Proteção Individual) são fundamentais em quaisquer atividades de risco – não sendo diferente nas indústrias de alimentação. Esses itens são utilizados por diversos colaboradores e fazem parte de seus uniformes para manter a segurança diante de seus atos caso algo dê errado na execução de um serviço. Existem vários equipamentos de proteção individual tais como botas, luvas, óculos, aventais, entre outros.

Uso

O uso do EPI é obrigatório em situações que medidas de segurança coletiva não evitam totalmente os riscos. Além de fornecer os EPI´s, as empresas precisam adotar algumas ações no dia a dia, como investir na cultura da prevenção, que passa por uma política clara de gestão de riscos; capacitar por meio de treinamentos e diálogos com as equipes; avaliação de uso correto e manutenção adequada dos EPI´s; cumprimento das normas regulamentadoras e desenvolvimento de programas de conscientização regulares.
Luiz Alexandre Alves, técnico de Produtos da BSB, diz que, para o segmento alimentício, a empresa, através de suas marcas, oferece diversos produtos para o uso conforme a necessidade do ambiente de trabalho. “Para esse mercado, há diversidade de modelos em calçados de couro, microfibra, antiderrapantes, botas impermeáveis e de poliuretano (PU), e opcionais que garantem maior proteção aos usuários”.

As linhas FLIP da Bracol e MOOV da Fujiwara atendem segmentos como restaurantes, indústrias alimentícias e serviços em geral. Desenvolvidos com solado antiderrapante GRIP 360 graus, os calçados são produzidos em material TPR-EXP, um avançado composto de termoplásticos expandido que se adapta ao formato do pé como uma meia, garantindo muito mais flexibilidade. As linhas contam também com a tecnologia Absorber Shock, criada a partir de duas bolsas de ar (dianteira e traseira) para dar mais conforto ao usuário e gerar um amortecimento tanto na parte da planta do pé como na área do calcanhar.
Luiz ainda relata que “conforme trabalhos e visitas realizados em clientes do setor de alimentação, percebemos um investimento cada vez maior na conscientização dos seus colaboradores através de treinamentos, fiscalização e fornecimento correto de EPI´s. Todos os equipamentos são de uso pessoal, ou seja, cada funcionário deve possuir o seu e utilizá-lo da forma correta”.

A BSB atende grandes clientes do segmento de alimentação e food service com calçados profissionais, antiderrapantes e botas impermeáveis das marcas Bracol, Fujiwara e Ecoboots. “Como case de sucesso, podemos mencionar o intenso trabalho realizado pela equipe técnica BSB, indicando o equipamento de proteção ideal para cada ambiente de trabalho, orientando sobre normas, uso correto e conservação, trazendo benefícios à empresa, ao colaborador e à vida útil do EPI fornecido”.

O técnico de Produtos da BSB conta também que as empresas têm investido cada vez mais em equipamentos de proteção individual, treinamentos e palestras voltadas à saúde e segurança do trabalhador, com objetivo de promover a conscientização dos colaboradores, aumento da produtividade e redução de acidentes do trabalho.

“A BSB, como produtora de EPI´s, acredita que os EPI´s não só devem atender às normas de segurança, mas oferecer uma série de atributos, que despertem o interesse dos usuários para sua utilização, como conforto, leveza, ergonomia, resistência e design. O trabalhador tem que usar, claro, pois vai protegê-lo, mas acima de tudo tem que se sentir bem, satisfeito com o produto. É, sem dúvida alguma, uma quebra de paradigmas para estimular a cultura da prevenção de acidentes”, orienta.
Consolidada em 2008, a BSB – Brazil Safety Brands – reúne em seus ativos as marcas Bracol, Fujiwara, Worksafe, Ecoboots, Motosafe e Steelflex. Considerada uma das maiores empresas da América Latina em produção, importação e comercialização de EPI´s, atua nos segmentos de proteção dos pés, cabeça e contra quedas. Com capacidade produtiva de 23 milhões de pares por ano, entre calçados de segurança e botas impermeáveis, possui cinco plantas industriais.

Orientar

Para Gustavo Henrique de Cara, do Setor de Desenvolvimento e Marketing do Grupo SDF, outra empresa fabricante de EPI´s, a visão é de sempre orientar e educar todos os colaboradores da empresa, proporcionando palestras e conscientização do uso do EPI, para que possa evitar o máximo possível a ocorrência de acidentes de trabalho.
“Já com nossos clientes e parceiros, oferecemos constantes treinamentos de como utilizar e onde utilizar cada um de nossos EPI´s. Sempre fornecemos todos os documentos de orientação dos nossos produtos como Laudos, CA, fichas técnicas, manual de instruções para armazenamento, uso e lavagem correta”.

Uma das melhores maneiras para se evitar o acidente de trabalho é a orientação dos colaboradores e a conscientização, além da constante fiscalização e cobrança em relação ao uso correto do EPI. “Lembrando sempre que o uso do EPI é para o próprio bem do colaborador”, reforça Gustavo.

O Grupo controla rigidamente o fornecimento de EPI aos seus colaboradores, desde uniforme até o uso de botinas, protetores auriculares, óculos, luvas, magotes, máscaras, entre outros.

“Nossos equipamentos são específicos para a área de alimentação. Exemplos: luvas térmicas para trabalho com manuseio de assadeira, panelas, caldeirões e outros acessórios que se utiliza na cozinha em relação à temperatura; mangotes para o trabalho com fornos, fritadeiras, fogões, chapas, entre outros; avental desde o uso apenas na higienização e limpeza do ambiente até o trabalho direto em partes de calor da cozinha sendo a parte de fornos, fogões, chapas, fritadeiras, churrasqueiras, entre outros”.

Todos os EPI´s do Grupo SDF servem exclusivamente para o manuseio de produtos e equipamentos que gerem calor e risco de queimadura, protegendo o tronco e membros superiores (braços, mãos) de cada indivíduo. Sobre a área de alimentação brasileira estar bem equipada para manter a segurança de seus colaboradores, Gustavo acredita que o Brasil ainda tem muita jornada pela frente para a reeducação das empresas em relação ao uso de EPI´s, principalmente nesse setor de cozinhas profissionais.

“Mas temos visto grande mudança e aceitação do uso do produto atualmente, porém, o trabalho é constante e árduo, exigindo muito empenho de todos os envolvidos desde o comprador até a pessoa que irá utilizar o produto para chegarmos a um ponto de equilíbrio relevante”.

O Grupo tem produtos próprios em empresas de renome nacional e internacional de forma direta e indireta como Subway, Outback, Habib´s, Apetit e Refeições ao Ponto.

Marca

A marca Rio Valley é uma empresa que pertence ao Grupo SDF, criada especialmente para atender o mercado de equipamentos de segurança, destinando seu foco exclusivo à área de cozinhas profissionais, estando nesse mercado há mais de 10 anos, sendo hoje uma das empresas referência em luvas, magotes e aventais para o profissional desse segmento.
“Nossa equipe está em constante busca de melhoria para que possamos continuamente acompanhar o mercado que está em constante mudança, sempre mantendo nossa empresa como referência no setor de equipamentos de segurança de alta temperatura”, finaliza Gustavo.

Grupo Brazil Safety Brands
www.bsbsafety.com
Bracol
www.bracolonline.com.br
Ecoboots
www.ecoboots.com.br
Motosafe
www.botamotosafe.com.br
Steelflex
www.steelflex.com.br
FUJIWARA
www.fujiwara.com.br
GRUPO SDF (RIO VALLEY)
www.gruposdf.com.br/riovalley

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA