É de soja?

Muitos ganhos são gerados por meio do investimento nesse produto de grande potencial no Brasil

O Brasil é o segundo maior produtor mundial de soja, atrás apenas dos Estados Unidos, segundos dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Na safra 2015/2016, a cultura ocupou uma área de 33,17 milhões de hectares, o que totalizou 95,63 milhões de toneladas do item. A produtividade média da soja brasileira foi de 2.882kg por hectare.
A maioria desses grãos é transformada em uma variedade de alimentos. Molhos, farinhas, óleos, leites, queijos, fibras, iogurtes, brotos e até carne podem ser à base de soja. Eles são fáceis de serem encontrados nos pontos de vendas espalhados pelo país. Muitas marcas e indústrias investem bastante nesses produtos consumidos diariamente por milhões de brasileiros.

Itens
Criada em 1988, a Vitao Alimentos é pioneira no mercado de produtos integrais. Nessa época, fabricava apenas farinhas, grãos, sementes e cereais voltados a dietas macrobióticas. Três anos após a sua fundação, em 1991, foi iniciada a produção de biscoitos integrais. Essa nova frente de negócios fez muito sucesso com o público e motivou a ampliação do portfólio, que logo passou a contar com cookies, granolas, snacks e chocolates.
A proteína de soja texturizada média da Vitao é comercializada no mercado nacional em lojas especializadas em produtos naturais e saudáveis, supermercados, entre outros. “É vendida em uma gramatura de 200g, que possibilita maior praticidade ao consumidor. Ela é de origem nacional, sendo 100% livre de organismos geneticamente modificados. Além disso, nosso processo de fabricação garante que não ocorra a contaminação cruzada das linhas de produção para entregar um produto totalmente livre de glúten”, esclarece Jucilene Sequinel, responsável técnica e Gerente de Pesquisa & Desenvolvimento da companhia.
A Vitao conta também com um Mix para Pão, sem glúten, sem lactose e com farinha de soja, que proporciona mais uma opção tanto para quem tem alguma restrição alimentar quanto para aqueles que desejam uma opção para consumir a soja de uma maneira mais prática, possibilitando uma variação de cardápio.

Características
A soja é rica em proteínas de alta qualidade e em fibras. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o grão de soja como um alimento com propriedade funcional e recomenda o consumo de, no mínimo, 25 gramas por dia da proteína vinda desse alimento.
A proteína texturizada de soja pode ser utilizada em recheios de panquecas, composição de molhos e complementação de outras preparações. Sua composição nutricional é mais completa, diferenciando-se dos outros grãos pela presença das isoflavonas e antioxidantes em grandes quantidades.

Cenário
O mercado de alimentação saudável e também das dietas restritivas já é uma realidade em todo país, como se comprova com o levantamento da empresa de pesquisas Euromonitor. Segundo o estudo, o segmento cresceu 98% no Brasil entre 2009 e 2014. Dados divulgados em fevereiro de 2017 pelo mesmo instituto apontam que o mercado brasileiro de alimentos e bebidas saudáveis movimentou R$ 93,6 bilhões em 2016, com tendência de crescimento médio de 4,4% ao ano até 2021. Enquanto no resto do mundo a média de crescimento desse mercado foi de cerca de 8% por ano nos últimos cinco anos, no Brasil esse número chegou a 12,3%.
“Ou seja, revender esses produtos é fazer com que os empresários atendam a demanda de um grupo de consumidores que cresce a passos largos e inclui em seu portfólio um mix de produtos de bom valor agregado”, complementa Robson Henrique Salgado, gerente de marketing da Vitao.

Atuação
A Bunge trabalha diante de um dos maiores desafios do mundo contemporâneo: garantir de forma sustentável a alimentação de uma população em constante crescimento. No Brasil há 112 anos, a empresa é a maior exportadora do agronegócio e uma das principais no setor de alimentos e ingredientes.
A organização compra e processa grãos como soja, trigo e milho; produz alimentos, como óleos, margarinas, maioneses, azeite, arroz, farinhas de trigo, molhos e atomatados; presta serviços portuários; produz açúcar, etanol e bioenergia.
Flávia Ferreira, gerente de marketing da Bunge Brasil, diz que Soya, uma das marcas mais tradicionais e a marca de óleo mais vendida do Brasil, é um exemplo de produto que se reinventou e inovou ao longo do tempo.
“A marca Soya está presente na vida dos brasileiros desde 1976 e, de lá para cá, consolidou-se como uma marca líder na categoria, sempre atenta e conectada com a necessidade dos consumidores. Em 1995, a marca foi a primeira a oferecer óleo em garrafa PET no Brasil”, ressalta.
Em comparações a outros óleos, de acordo com dados da Kantar Worldpanel de 2016, enquanto o brasileiro consome, em média, dois litros de óleo de soja mensais, o consumo de óleos especiais é de 500ml, o que corresponde ao tamanho das novas embalagens de óleos especiais da marca Soya.
“Nossa estratégia está alinhada com essa tendência, já que requer um desembolso menor, o que estimula a experimentação e traz novos consumidores à categoria”, aponta Flávia.
O transformador que utiliza óleo de soja busca conveniência e relação custo-benefício, já que são produtos práticos e que exigem baixo desembolso. Já para os consumidores, soja faz parte do dia a dia, representando uma opção conveniente, versátil e prática.
“A Bunge também oferece outras soluções, como é o caso de nossas gorduras vegetais da marca Cukin, formuladas com o óleo de soja e algodão, que além de terem um excelente rendimento, dão mais textura, sabor e aumentam a vida útil do produto final”, destaca a gerente de marketing.

Ação
Fundada em 1989, em Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, a Ecobras iniciou suas atividades hospedando interessados em programas de reeducação alimentar. A demanda por produtos com alto padrão de qualidade, necessários à realização das atividades nos programas, levou a Ecobras a iniciar a produção de alimentos à base de soja.
O excedente da produção começou a ser vendido para restaurantes do Rio de Janeiro e cooperativas orgânicas. A procura pelos produtos cresceu e, dez anos mais tarde, a empresa passou a dedicar-se exclusivamente à produção de alimentos, implantando sua unidade fabril no bairro de Guaratiba, no Rio de Janeiro, onde permanece até hoje.
“A Ecobras é uma empresa pioneira e inovadora na produção de alimentos orgânicos e de soja no Brasil, mantendo-se em constante desenvolvimento e aprimoramento”, afirma Paulo Savino, CEO da empresa.
A Ecobras produz uma linha de produtos derivados da soja orgânica, sem lactose e sem colesterol, dentre eles: extrato de soja in natura, tofu fresco (soft, firme e salsa), tofu defumado, cottage de tofu, pastas de tofu (sabores: original, alho e cebola, defumado, ervas finas), maionese de tofu (sabores: original e temperada), sobremesa de cacau com extrato de soja e açúcar orgânico, hambúrgueres de tofu (sabores: girassol e legumes, alho e azeitona, quinoa e legumes, milho e gergelim), pasta de grão de bico e gergelim (Homus) e comercializa shoyu orgânico e malte de cereal.

Presença
Criada em 1866, nos Estados Unidos, a General Mills é uma das maiores empresas de alimentos no mundo e está presente em mais de 100 países com marcas como Cheerios, Fiber One, Yoplait e Old El Paso. No Brasil desde 1996, a empresa possui portfólio formado pelas marcas Yoki, Kitano, Häagen-Dazs, Mais Vita e Betty Crocker.
A Mais Vita conta com produtos voltados à saudabilidade como os recém-lançados chás prontos, sucos de soja e alimentos como linhaça e aveia. Em entrevista à revista, a General Mills destaca que a linha Yoki Mais Vita é composta pelas versões Frutal, Original e Pura Soja.
O Yoki Mais Vita Pura Soja possui características únicas proporcionadas pela soja – sem colesterol e quantidades mínimas de gordura saturada. De origem 100% vegetal, o Pura Soja é indicado às pessoas que possuem intolerância à lactose e pode ser utilizado nas aplicações culinárias, no preparo de receitas salgadas e doces, para consumir quente ou frio ou com frutas.
Os sucos de soja Frutal podem ser encontrados nas versões 1 litro e 200ml nos sabores: pêssego zero, abacaxi, cranberry com romã, laranja, laranja com acerola, maçã, maracujá, manga, morango, pêssego, uva, maçã zero e uva zero. O preço sugerido é de R$ 5,90. Na linha Original, os sabores disponíveis são frapê de coco, ameixa, soja original e zero, vitaminas de banana e de morango, com sugestão de preço a R$ 5,90.

VITAO
www.vitao.com.br
Soya
www.soya.com.br
Bunge
www.bunge.com.br
ECOBRAS
www.ecobras.com.br
Mais Vita
www.maisvita.com.br
General Mills
generalmills.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA