Economia: O êxito dos multifranqueados

Mercado revela como essa escolha pode ser rentável

O aumento de multifranqueados (franqueados que têm mais de uma franquia da mesma marca) tem se estabelecido como uma realidade bastante promissora no Brasil. Depois de adquirirem uma franquia e de alcançar mais experiência, muitos empresários optam por criar um tipo de “minirrede” e conseguem bons resultados com essa atitude.

Conforme dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), atualmente, 54% dos empreendedores já têm esse tipo de perfil. O número representa um crescimento de 11% em relação ao ano passado. Esse aumento ocorreu por dois motivos principais: uma geração de franqueados que se encontra mais preparada, com mais experiência relacionada à gestão do negócio e também à própria ação das franqueadoras, que viram a oportunidade existente na expansão da rede por meio de parceiros que já existiam.

Um dos exemplos que se encaixam nessa realidade das multifranqueadas é o de Mauro Cesar Napoleão, franqueado da Casa de Bolos, com seis lojas na rede: duas localizadas em Barretos, (São Paulo), duas em Ribeirão Preto (SP), uma em Jaboticabal (SP) e uma em São Carlos (SP). Ele conta que sempre teve o desejo de ter o seu empreendimento, que deveria atender alguns pré-requisitos do profissional. “Sempre foi meu objetivo iniciar um negócio após minha aposentadoria, desde que fosse seguro, cujo retorno dependeria apenas de trabalho e dedicação”, afirma ele a respeito do assunto.

Depois do sucesso que foi colhido com a abertura da primeira unidade da rede, que chegou já pouco tempo depois, o empresário relata que optou em investir, aos poucos, em mais estabelecimentos, tendo sempre um cuidado especial com eles.

“A partir do sucesso da primeira loja, onde o retorno do investimento se deu rapidamente, decidi abrir outras lojas gradativamente, sempre acompanhado de um sócio que pudesse permanecer e administrar a loja diariamente, condição necessária para o seu desenvolvimento”, relata o profissional.

Mas, para que os negócios apresentem uma série de resultados que sejam positivos, há também os desafios que precisam ser superados. Mauro cita alguns deles, relacionados às finanças e à gestão, que são de grande importância.

“Manter o equilíbrio financeiro por meio de controles rígidos e não perder o foco implementado pela franquia em relação à qualidade e atendimento”, afirma o profissional.

Dessa forma, conforme relata Mauro, com a eficácia do equilíbrio financeiro desde o início foi possível estabelecer um capital de giro forte, “sem necessidade de recorrer a bancos e, consequentemente, obter uma nova realidade financeira para todos os envolvidos”, destaca ele.

E, para que se possa continuar crescendo, Mauro afirma que não se deve perder o foco, mesmo em situações de instabilidade econômica do país.

Quando perguntado acerca das principais vantagens de investir na marca Casa de Bolos, o profissional ressalta “os valores estabelecidos pela franquia desde a sua criação: ‘melhorar a vida de pessoas'”, diz.

E quais são os planos em relação às unidades? “Manter as conquistas”, responde o profissional.

Casa de Bolos

A Casa de Bolos foca não somente em oferecer produtos que sejam capazes de satisfazer os clientes, mas também destaca que tem como diferenciais a simplicidade, o carinho e o cuidado com o cardápio da marca. Entre os produtos oferecidos pelo empreendimento estão o Bolo Amendoim Baby, o Bolo de Cenoura Baby, o Bolo Chocolate Baby, a Cuca de Banana Baby, a Cuca de Goiabada Baby,o Bolo de Fubá, o Bolo Fofinho de Chocolate com Maizena, o Bolo Integral de Banana com Aveia, o Bolo Caseiro no Pote de Abacaxi, entre outros.

“A partir do sucesso da primeira loja, onde o retorno do investimento se deu rapidamente, decidi abrir outras lojas gradativamente”, conta Mauro Cesar Napoleão, franqueado da Casa de Bolos

A marca possui mais de 300 lojas em todo o Brasil. Para quem quer ser um franqueado em cidades com mais de 80 mil habitantes, a taxa de franquia é de R$ 61.000,00. A implantação é R$ 70.000,00. O estoque inicial é de R$ 18.000,00. Royalties: 1,5 salário mínimo nacional. Retorno estimado: 24 meses. Área mínima: 100m². Funcionários: 4 + franqueado. Margem bruta média: 60%. Margem líquida média: 15%. Reforma e capital de giro não estão incluídos nesses valores.

Oportunidade

Marco de Oliveira, franqueado da rede de vending machines Mr. Kids, já tem oito unidades da marca, que estão espalhadas pela grande São Paulo. Um dos motivos para ter mais de uma unidade, conforme explica o profissional, está relacionado aos próprios benefícios que são proporcionados pela rede.

“Acreditamos e confiamos na força da marca, que constantemente busca inovações e melhorias, me dando confiança em investir em novos pontos potenciais”, afirma ele.

No entanto, Marco lembra que isso não é tudo e foca também na atuação profissional como forma de se aprimorar e de obter sucesso.

“Lembrando que, como em qualquer negócio, o ponto é 70% da oportunidade de faturamento. Os outros 30% é trabalhar buscando sempre a melhoria contínua”, destaca o profissional.

Quando se trata dos desafios presentes nesse tipo de investimento, Marco cita alguns deles, relacionados à forma de gerir o empreendimento. “Gestão do negócio, acompanhando e medindo os resultados de toda a movimentação que direciona o franqueado a tomar decisões futuras”, diz ele.

Já a respeito dos ganhos obtidos, Marco fala da satisfação de ver a sua franquia crescendo com sustentabilidade e ajudando o país a crescer. E como continuar crescendo? “Acreditar e acompanhar o negócio, estando sempre atento, acompanhando as novas tendências de mercado para aplicar melhorias continuas no negócio”, ressalta o profissional.

Marco frisa que a Mr. Kids é líder de mercado em seu segmento. “Ganhamos em inovações e melhorias nas máquinas, mantendo o faturamento e os consumidores”.

Sobre os planos relacionados aos empreendimentos, Marco destaca que é continuar buscando oportunidades de negócios, com movimento, dinamismo e energia. “A nossa salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena”, diz ele.

Mr. Kids

A Kids Mania foi fundada no ano de 1995 e começou a atuar com máquinas de grua com pelúcias, sendo uma das pioneiras nessa área. Posteriormente, passou a investir em máquinas para vendas de chicletes, bolinhas pula-pula, brindes encapsulados, entre outras, que não consumem energia elétrica e ocupam espaço reduzido.

O sucesso com essa decisão foi tão grande que a marca parou de comercializar as máquinas de grua. A empresa foi só crescendo com a colação das máquinas em vários pontos e com a compra de pequenas operações.

A franquia Mr. Kids foi criada no ano de 2010, tendo como objetivo a entrada no mercado com o sistema de franquias. A rede tem como foco o aumento do mix de produtos e serviços que são oferecidos para o cliente final. Além disso, oferece baixo custo de implantação e de manutenção, além de aumentar a lucratividade dos pontos de venda e de viabilizar uma operação que seja mais rentável.

O faturamento mensal com a franquia é de R$1800 a R$12000, dependendo da quantidade de máquinas e da capacidade de venda do ponto. O investimento total é de R$ 18.700,00, sendo 11.700,00 de capital para instalação, R$ 5.000,00 de taxa de franquia e R$ 2.000,00 de capital de giro.

Casa de Bolos
www.casadebolos.com.br
Mr. Kids
www.mrkids.com.br

Artigo anteriorEducação: O meu cardápio
Próximo artigoMercado: Atratividade nos hotéis
A redação da Food Service News através deste canal, pauta assuntos de cunho financeiro e informativo, nossas matérias abordam novidades do mercado, tendências, dicas e oferecem entrevistas exclusivas. Além disso, a revista está sempre inovando e antecipando tendências, trazendo um conteúdo indispensável para quem deseja investir e saber mais sobre o segmento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA