Cargill planeja investir 550 milhões de reais em fábrica de pectina no Brasil

Nova instalação para produção de pectina HM na América do Sul atenderá demanda do mercado por agente texturizante de alta qualidade

A Cargill planeja construir uma nova fábrica de pectina HM em 2019 e escolheu o Brasil para a construção desta nova instalação. O projeto, que terá investimento de aproximadamente 550 milhões de reais, faz parte de um plano da Companhia para fortalecer e diversificar seu portfólio de pectina, o que inclui também melhorias em suas três fábricas existentes na Europa (Alemanha, França e Itália).

A pectina HM é um agente texturizante versátil, à base de frutas cítricas, usado na produção de compotas, sucos e bebidas lácteas. Segundo Bruce McGoogan, líder de estratégia e inovação dos negócios de Amidos, Adoçantes e Texturizantes da Cargill, o mercado deste ingrediente tem visto um forte crescimento há vários anos, impulsionado principalmente pelo setor de bebidas lácteas, bem como pela crescente demanda global por ingredientes de origem natural. “A pectina HM é um importante ingrediente utilizado em produtos que atendem ambas as tendências, pois é um agente texturizante à base de plantas utilizado em bebidas, geleias e produtos de confeitaria. O potencial investimento em uma fábrica no Brasil, que tem um suprimento abundante de frutas cítricas, permitirá que a Cargill forneça o ingrediente que nossos clientes precisam para atender a demanda dos consumidores”, resume.

A nova fábrica contribuirá para que a Cargill amplie sua produção, aumentando a oferta de pectina premium para os clientes em todo o mundo. “Estes investimentos reforçam o compromisso da Cargill com seus funcionários e com as economias da Europa e da América Latina. Vamos impulsionar nossa atuação no Brasil e seguir investindo na modernização e ampliação de nosso portfolio de negócios na região”, diz Laerte Moraes, diretor de negócios de Amidos, Adoçantes e Texturizantes da Cargill na América do Sul.

Sobre a Cargill Amidos, Adoçantes e Texturizantes
A Cargill Amidos, Adoçantes e Texturizantes processa milho, trigo, algas marinhas, cascas de frutas, girassol, colza e soja para fabricar um portfólio abrangente de ingredientes com valor agregado, dedicados às indústrias de: alimentos e bebidas; fabricação de papel e corrugados; farmacêutica e de nutrição animal. A fim de melhorar o relacionamento com os clientes e impulsionar o crescimento sustentável, adotamos uma abordagem única para cada categoria. No setor de nutrição, nos concentramos em inovações de fibras e proteínas, enquanto nossas ofertas industriais são projetadas para fornecer soluções renováveis que gerem valor para nossos clientes. Nosso portfólio inclui: xaropes de glicose, xaropes de frutose, xaropes de maltose, dextrose, poliois de baixa caloria e adoçantes sem calorias à base de estévia; amidos: nativo, funcional, modificado, maltodextrinas; lecitinas (fluidas, desidratadas, fracionadas e modificadas), carragenas, pectinas e bio polímeros (xantana e escleroglucana). Uma de nossas principais competências é operar uma cadeia de suprimentos confiável e sustentável. Seja qual for a aplicação, ajudamos nossos clientes a prosperar, fornecendo produtos e serviços valiosos.

Sobre a Cargill
Os 155 mil funcionários em 70 países trabalham para atingir o propósito de nutrir o mundo de maneira segura, responsável e sustentável. Todos os dias, conectamos agricultores com mercados, clientes com ingredientes e pessoas e animais com os alimentos que precisam para prosperar. Unimos 153 anos de experiência com novas tecnologias e insights para sermos um parceiro confiável aos clientes dos setores de alimentos, agricultura, financeiro e industrial em mais de 125 países. Lado a lado, estamos construindo um futuro mais forte e sustentável para a agricultura. No Brasil desde 1965, somos uma das maiores indústrias de alimentos do País. Com sede em São Paulo (SP), estamos presentes em 17 Estados brasileiros por meio de unidades industriais e escritórios em 160 municípios e mais de 10 mil funcionários. Para mais informações, visite www.cargill.com e a central de notícias.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA