A arte de comprar

No ano passado, dediquei um dos meus artigos para abordar a questão da defasagem nos modelos e processos de vendas praticados por muitas indústrias que atendem o varejo de food service.
Neste artigo, quero convidá-los a refletir sobre o outro lado da moeda. Falarmos um pouco sobre a atividade de comprar na forma que a encontramos na maior parte das empresas varejistas do segmento.
O comprador em uma empresa de food service não deve ser a pessoa responsável apenas por pesquisar preços, negociar prazos e passar as demandas aos seus fornecedores.
Enquanto em muitos outros segmentos comprar é uma atividade técnica, complexa e que requer muita experiência e atualização por parte dos profissionais que exercem a função de comprador, no food service o que acabamos encontrando na maioria dos casos são profissionais que exercem a função de compras nos mesmos moldes do comércio dos anos 50.
Com o crescimento do mercado, a chegada de novas tecnologias, ferramentas, soluções e serviços, o papel do comprador deixou de ser apenas de negociação para ser também de inovação e desenvolvimento de novas possibilidades e soluções.
O trabalho de compras deixa de ser somente tático para ser muito estratégico. Deixa de ter a performance condicionada somente à habilidade do profissional que exerce a função e dá espaço ao planejamento e à tecnologia.
No entanto, para chegar onde é possível, gestores e proprietários das empresas varejistas do segmento precisam entender essa mudança de cenário e passar não só a exigir perfil e postura diferentes de seus profissionais, como também oferecer condições para o exercício da atividade nos moldes em que o mercado atual permite.
Já o profissional de compras precisa dar maior relevância estratégica para as suas atribuições. Precisa atualizar-se, estudar, aproximar-se das áreas de marketing e operações e deixar de atender somente as demandas comerciais para trazer também soluções que atendam os objetivos do negócio.
Comprar continua sendo uma arte, mas até o mais brilhante dos artistas precisa se adequar às mudanças que o tempo traz.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA